Promover competências socioemocionais no ambiente escolar por meio de parceria com o Centro de Valorização da Vida ou organizações equivalentes.

Programa de Governo: Escola Inovadora

Unidade (s) Responsável (is): UGE

O que foi feito:

Nos anos de 2021 e 2022, o Departamento de Formação ofereceu formação sobre saúde emocional para todos os educadores da rede municipal, por meio de lives e videoaulas inseridas nas salas de aula virtuais das escolas, as quais continuam disponibilizadas nos locais supracitados, podendo ser revisitadas por todos os educadores das escolas municipais. Essas formações objetivaram a ampliação do conhecimento dos educadores sobre educação socioemocional, manejo das emoções e aquisição de recursos para o autocuidado e para a capacidade de reconhecer aspectos importantes da vida emocional da criança e auxiliá-la a superar de forma positiva as dificuldades. Além disso, no ano de 2023, foram realizadas as seguintes ações:

  • Programa “MenteInovadora”, destinado aos professores e coordenadores pedagógicos da Educação Infantil II e Ensino Fundamental, cuja metodologia proporciona o desenvolvimento de habilidades cognitivas e socioemocionais utilizando jogos que propiciam situações de realidade simulada, métodos metacognitivos e “experiência da aprendizagem mediada”;
  • Projeto “Cria na Paz”, uma iniciativa pela educação não violenta criada a partir do olhar de profissionais especialistas no assunto, que tem por objetivo disseminar a importância do uso de técnicas de criação positivas evitando agressões físicas, humilhações e castigos que podem trazer danos ao desenvolvimento das crianças, auxiliando os educadores a também refletirem sobre situações vivenciadas no cotidiano;
  • Curso de Capacitação Básica para Prevenção e Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes, realizado pelo Instituto Paulista de Magistrados – IPAM, destinado aos educadores das escolas de Ensino Fundamental que participaram do projeto “Eu Tenho Voz”, que tem como um dos objetivos introduzir os conceitos básicos de mediação enquanto técnica de resolução de conflitos, com especial ênfase à comunicação não violenta, às técnicas de comunicação, importância do diálogo e escuta ativa;
  • Programa Viver – realizado em parceria entre o Departamento de Alimentação e Nutrição e o CVV, destinado às/aos cozinheiras/os. – Formação “A Comunicação Não Violenta Promovendo Cooperação e Autonomia” destinada aos Agentes de Serviços Operacionais, Cozinheiros e Assistentes de Administração, com o objetivo de contribuir no desenvolvimento humano e profissional oferecendo novas “leituras” e atitudes (ação) diante de situações de conflito a partir da ampliação da honestidade e da empatia nas relações com base na Comunicação Não Violenta, promovendo autonomia, autorrealização e harmonia nas relações educativas;
  • Aprendizagem para Corações E Mentes: O SEE Learning, programa de aprendizagem social, emocional e ética conhecido como Aprendizagem para Corações e Mentes, foi desenvolvido para a educação básica, com o objetivo de fortalecer a compaixão, a autoconsciência e o engajamento social, destinado às equipes escolares das escolas participantes do projeto;
  • Promoção da Autoformação Profissional: Sala Eu Indico! 2023, criada por meio da ferramenta Google ClassRoom, com acesso a todos os profissionais da rede municipal, tem como objetivo incentivar a autoformação e instrumentalizar todos os educadores com conteúdos profissionais e de saúde emocional, que ampliam as possibilidades de aprendizagem e contribuem para uma melhor qualidade de vida. Os tópicos “Cuidando do Corpo e da Mente” e “Comunicação Não Violenta” possibilitam a reflexão acerca dos cuidados com a saúde emocional;
  • Arte Movimento e Eu (AME) oferece modalidades de atividades físicas, música e arte para todos os educadores com o objetivo de trabalhar a saúde emocional e física dos educadores. Todos os atores educacionais podem se inscrever para aulas de pilates, ginástica, atividades de artesanato e música. Os educadores passam por programas de bem-estar físico e emocional totalmente gratuitos. Sabemos que quando ele está bem física e emocionalmente, isso se reflete na escola que ele trabalha;
  • Está em execução o Programa Ludicidadania com o objetivo de despertar nas crianças o cidadão ativo, para que elas aprendam seus direitos e deveres, atuando em uma sociedade mais sadia e de convívio melhor entre as pessoas, com abordagem de temas relevantes. Todos os módulos serão trabalhados com ações estimulando que os estudantes sejam os protagonistas;
  • Oferta de cursos de línguas para os educadores da rede municipal: inglês, francês, italiano e espanhol.