Em observância ao período eleitoral, este canal mantém estático conteúdos anteriores à data 15/08, sendo atualizado somente por matérias relacionadas ao combate à Covid-19, ou de urgência social.

No Novo Horizonte, um novo passo na habitação

Publicada em 19/09/2014 às 17:51

No olhar de cada morador do Jardim Novo Horizonte, felicidade e a certeza de que a mudança esperada por anos chegou. Assim foi o clima do evento que marcou o início das obras das 1.088 unidades habitacionais no bairro, que contou com a presença do prefeito Pedro Bigardi na manhã desta sexta-feira (19).

Reduzir o déficit habitacional no município e garantir moradia digna para a população, principalmente a de baixa renda, é um dos compromissos assumidos pelo prefeito Pedro Bigardi no Programa de Metas da Prefeitura.

CONFIRA AS FOTOS DO LANÇAMENTO DAS OBRAS NO JARDIM NOVO HORIZONTE

Evento com a presença da população marca início das obras

Nas falas de cada cidadão, “alegria” foi a palavra que dominou as conversas. “Estamos lutando por esse sonho há muitos anos. Agora, finalmente, fomos ouvidos e atendidos. É o início da transformação do nosso bairro e da legalização das nossas moradias”, comentou o presidente da Associação dos Moradores União do Novo Horizonte, José Bessa Silva Filho, sem esconder o sorriso.

O presidente da Associação dos Moradores do Conjunto Habitacional, João Mezalira Junior, destacou que os moradores já sentem a diferença das melhorias promovidas pela atual administração. “Estamos recebendo uma atenção que jamais tivemos do poder público. O bairro tem ganhado muito.”

Assim como ele, a empregada doméstica Maria de Lurdes Correia Garcia também aprovou. “Estamos felizes demais. Agora teremos moradia e estrutura de qualidade.”

O prefeito Pedro Bigardi destacou detalhes de cada obra que tem deixado os moradores tão felizes. Segundo ele, além das unidades habitacionais, na próxima semana, será iniciada a obra de drenagem e pavimentação do segundo trecho da rua 8, que corta boa parte do bairro. “Além disso, até o final do ano, vamos entregar o mini-hospital (UPA), que prestará atendimento de saúde com qualidade e 24 horas para a população.”

Mais obras
Bigardi lembrou ainda da ponte que ligará a região do Jardim Tulipas ao Novo Horizonte e a reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde (UBS). “Estamos realizando investimentos por toda a cidade. E no Vetor Oeste não é diferente, já que é uma região que ficou esquecida por muitos anos. Também temos o projeto do BRT (ônibus de trânsito rápido), que passará por aqui.”

Sobre as 1088 unidades, o prefeito lembrou que em um prazo de um ano e meio as moradias serão entregues. “Os moradores acompanharão todo esse processo de perto, com apoio da Fumas. Além disso, trabalharemos para regularizar as propriedades.”

Em um ano e meio, unidades serão entregues

Pedro Bigardi destacou que o bairro ganhará ainda duas escolas e uma unidade do programa Saúde da Família. Serão abertas ainda 35 ruas no Novo Horizonte, todas com recurso do Governo Federal. E, por isso, será necessária a desapropriação de alguns imóveis. Das 1.088 unidades habitacionais, 544 serão destinadas ao reassentamento de famílias. As restantes serão sorteadas entre pessoas com renda até R$ 1.600 que recebem auxílio-aluguel e são cadastradas no Sistema Municipal de Informações Habitacionais, o SIMIH.

O superintendente da Fumas, Rodrigo Mendes Pereira, falou que a intenção é levar estrutura para aquela região. “Moradia não é só um lugar para morar. É poder viver com dignidade. E trabalhamos de forma incessante para fazer com que o dia de hoje se tornasse realidade.”

O evento contou com distribuição de pipoca e algodão doce, além da apresentação das crianças da Fundação Antônio Antonieta Cintra Gordinho. Entre as autoridades presentes estavam o vice-prefeito e secretário de Educação, Durval Orlato; a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade (Funss), Margarete Geraldo Bigardi; o vereador Marcelo Gastaldo representando a Câmara Municipal; entre outros secretários e vereadores do município.

Recadastramento
Para organizar o trabalho no bairro, a Fumas iniciará o recadastramento das famílias da região em breve. Os apartamentos têm dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e vaga para um carro. A área total é de 45,09 m².

O valor do terreno doado pela Prefeitura para a obra no Jardim Novo Horizonte é de R$ 29,5 milhões. O total de recursos do Governo Federal para os apartamentos é de R$ 82,6 milhões e R$ 5 milhões para equipamentos públicos. Por meio do Governo do Estado, são mais R$ 20,4 milhões.

Luana Dias
Foto: Paulo Grégio

Acompanhe a reportagem da TVE Jundiaí


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2014/09/19/no-novo-horizonte-um-novo-passo-na-habitacao/