Em observância ao período eleitoral, este canal mantém estático conteúdos anteriores à data 15/08, sendo atualizado somente por matérias relacionadas ao combate à Covid-19, ou de urgência social.

Com ajuda, biblioteca recupera mais de 2,2 mil livros doados

Publicada em 07/11/2014 às 16:53

O acervo da Biblioteca Municipal Professor Nelson Foot ganhou 2.241 livros. Um publicitário apaixonado pela leitura, frequentador assíduo do espaço e que prefere não se identificar, foi um dos responsáveis pelo novo destino dos exemplares – ‘vítimas’ do incêndio ocorrido num shopping da cidade, em maio.

“As obras estavam na Livraria Leitura e ficaram cobertas por muita fuligem. Gentilmente, pessoas da livraria entraram em contato conosco para ver se tínhamos interesse em recuperar o material para colocar à disposição do público. Para eles, seria inviável ficar com o material. Sabíamos que essa recuperação não seria uma tarefa fácil, e aceitamos”, lembra a bibliotecária da Nelson Foot, Vera Regina Miranda Portugal de Barros.

LEIA TAMBÉM
Educação abre inscrições para escala rotativa

Centro de Línguas sorteia vagas nesta sexta-feira (7)

Vera Regina: “Sou bibliotecária e tudo isso me emocionou”

A ideia da equipe era limpar e lixar um por um dos livros. O trabalho tinha data para começar, mas devido à complexidade, não tinha previsão para acabar. Ao ver o material e tomar conhecimento do que seria feito, o publicitário arregaçou as mangas e fez a limpeza de cada um. Foram necessários quase 3 meses, panos, produtos de limpeza e muita paciência.

“Toda a fuligem foi retirada, mas as laterais ficaram um pouco manchadas e com a cor cinza. Ainda era preciso lixar. Outra vez, o voluntário nos ajudou. Ele nos orientou a procurar uma gráfica para refilar as obras, ou seja, cortar alguns milímetros das fases externas. Fomos à procura e novamente nos deparamos com uma empresa de muita boa vontade que doou o trabalho”, conta.

Recuperação total
Rapidamente, a Gráfica Boca Boa, localizada na Vila Rami, fez os cortes necessários. Nenhum livro foi perdido. Hoje, quem olha exemplares nas prateleiras não imagina pelo que eles passaram.

“Sou bibliotecária desde 1970 e tudo isso me emocionou. É formidável ver como o material ficou e saber que muitas pessoas poderão usufruir das histórias, dos ensinamentos de cada um desses livros”, acrescenta Vera.

Para a diretora de Fomento à Leitura e Literatura da Secretaria de Educação de Jundiaí, Leila Casote, o valor da doação e do trabalho de recuperação é inestimável. “São mais de 2 mil livros de autores diversos e, principalmente, voltados para o público juvenil, que entram para o acervo. Não conseguimos comprar tantos assim de uma vez só. Se colocarmos que cada unidade custa em média R$ 30, recebemos uma doação de mais de R$ 67 mil. Em nome da Prefeitura de Jundiaí e da Secretaria de Educação, nós só temos a agradecer a Livraria Leitura, ao voluntário e à Gráfica Boca Boa, que não mediram esforços para nos ajudar”, destaca.

Empréstimo
A Biblioteca Municipal Professor Nelson Foot é um órgão da Secretaria de Educação de Jundiaí. Atualmente o espaço conta com um acervo de mais de 45 mil livros. Para ficar sócio e emprestar livros, basta levar ao local o RG e um comprovante de residência atual.

A biblioteca fica dentro do Complexo Argos, localizado na avenida Dr. Cavalcanti, 396, Vila Arens.

Roberta de Sá
Foto: Alessandro Rosman


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2014/11/07/com-ajuda-biblioteca-recupera-mais-de-22-mil-livros-doados/