Em observância ao período eleitoral, este canal mantém estático conteúdos anteriores à data 15/08, sendo atualizado somente por matérias relacionadas ao combate à Covid-19, ou de urgência social.

Handebol feminino massacra de novo, marcando 73 a 0

Publicada em 04/07/2015 às 21:12

Jundiaí fez bonito novamente no handebol feminino, goleando Mairinque por impressionantes 73 a 0 e confirmando, sem nenhuma dificuldade, a primeira colocação no grupo. O jogo deste sábado (4) atraiu diversos jundiaienses para as quadras do anexo do Bolão. Logo nos primeiros minutos de jogo, Jundiaí já estava com uma distância segura no placar e, sem dar chances ao adversário, chegou facilmente aos 33 a 0.

No segundo tempo, Mairinque passou a melhorar na defesa e no ataque, mas Jundiaí continuou fazendo gols sem dó. Ainda no segundo tempo, Bruna Marujo, camisa 14, sofreu uma contusão no rosto ao levar um tapa em decorrência de uma jogada, e Rafaela Fernandes, camisa 4, foi expulsa após levar dois cartões amarelos, ambas do time de Mairinque. O que facilitou ainda mais para o time jundiaiense chegar aos 73 gols.

CONFIRA AS FOTOS DESTE SÁBADO (4)

MAIS JOGOS REGIONAIS
Mesmo sem jogar bem, Jundiaí avança na malha
Futebol se classifica com 0 a 0 contra Tietê e avança
Capoeira traz o primeiro título de campeã para Jundiaí

Mariana fez três gols e foi um dos destaques na goleada

Mariana fez três gols e foi um dos destaques na goleada

Segundo Rita de Cássia Orsi, técnica do time de Jundiaí, esse placar não é bom para o handebol como modalidade. “Eu fico muito chateada de ver um placar desse, mas isso não é um panorama geral da modalidade no Estado e no País”. Ela ainda afirma que o time tem muito incentivo da cidade, o que motiva a continuar buscando gols. “A nossa atividade é sistemática, planejada e tem uma continuidade de anos. O programa de handebol feminino na cidade tem características de formação. Então, esse resultado não acontece por acaso. Ele vem de rotinas planejadas e estruturadas, com o apoio total da administração e parecerias de patrocinadores. Mas teremos jogos muito interessantes contra Itupeva e Tietê, que são dois times mais fortes”.

O próximo jogo será contra Tietê, neste domingo (5), no ginásio anexo do Bolão.

A goleira Gabriela Moreschi, de 20 anos, defende Jundiaí após uma temporada na Dinamarca. Ela jogará pela cidade por mais seis meses e depois segue para a Noruega. Gabriela e todo o time de handebol feminino têm grandes expectativas para os Jogos Regionais. “A gente quer muito ganhar o ouro. A tradição de Jundiaí é vencer os Regionais”, disse.

Os gols foram feitos por Francielle (3), Mariana (3), Amanda (9), Clara (3), Milena (6), Gabriela (8), Larissa (4), Jacilene (6), Luana (4), Jaqueline (5), Mariana (3), Janaína (7), Kátia Dilmondes (8) e Raelle (3).

Os outros resultados da 1ª Divisão deste sábado foram: Sorocaba 17 x 19 Itu: Tietê 20 x 12 Itupeva; Louveira 18 x 6 Itapeva.

Assessoria de Imprensa
Foto: Dorival Pinheiro Filho


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2015/07/04/jogos-handebol-feminino-massacra-de-novo-marcando-73-a-0/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original