Em observância ao período eleitoral, este canal mantém estático conteúdos anteriores à data 15/08, sendo atualizado somente por matérias relacionadas ao combate à Covid-19, ou de urgência social.

Participação popular marca Conferência de Assistência Social

Publicada em 05/08/2015 às 15:35

Com o auditório Elis Regina, no Complexo Argos, lotado, teve início nesta quarta-feira (5) a 10ª Conferência Municipal da Assistência Social, organizada pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social e pelo Conselho Municipal de Assistência Social. Com o tema “Pacto Republicano no Sistema Único de Assistência Social (Suas) rumo a 2026: o Suas que temos e o Suas que queremos”, a conferência prossegue nesta quinta-feira (6), das 8h às 17h, no mesmo local. Nestes dois dias os participantes têm como tarefa fazer uma avaliação do sistema, que este ano completa uma década, e apresentar propostas para os próximos dez anos.

Marcada pela participação popular, a conferência deste ano contou com 250 pessoas inscritas, número superior ao da edição anterior, em 2013. “É uma satisfação participar desta conferência com este grande público. Isto mostra o envolvimento da comunidade e a mobilização do Conselho e da Semads neste importante debate público. Hoje vemos no Brasil uma crise de participação popular e Jundiaí, a exemplo do que temos aqui e na elaboração do Plano Diretor Participativo, está conseguindo resgatar este envolvimento da população”, disse o prefeito Pedro Bigardi.

LEIA TAMBÉM
Prefeito renova convênio com Corpo de Bombeiros
Semana do Bebê: atividades movimentam os bairros
Jundiaí vai receber a Tocha das Olimpíadas do Rio 2016

Prefeito Pedro Bigardi destacou a importância da participação da comunidade

Prefeito Pedro Bigardi destacou a importância da participação da comunidade

Bigardi ressaltou a importância da conferência. “A participação da sociedade neste debate é fundamental para projetar o futuro do sistema e fazer uma autocrítica do que já foi feito.”

A solenidade de abertura contou ainda com a apresentação do grupo de maracatu formado por integrantes do Centro de Referência ao Idoso de Jundiaí (Criju) e do Centro de Referência e Assistência Social (Cras) São Camilo.

Para a secretaria da Semads, Rita de Cássia Angarten Marchiori, a conferência é uma oportunidade para profissionais e usuários marcarem presença na construção da política de Assistência Social. “Como profissionais e cidadãos, temos condições de rever a concepção do Suas e apresentar propostas de reestruturação, e este governo tem compromisso e quer fazer isso. A ideia é transformar pensamentos em teses concretas para os próximos dez anos.”

Representando a Câmara Municipal, a vereadora Marilena Negro, que é assistente social, destacou o envolvimento da sociedade. “Em 2013, tivemos uma participação mais tímida, fico feliz em ver este maior envolvimento da comunidade nesta conferência. Espero que tenha bons resultados”, salientou a vereadora, que foi homenageada pela autoria da lei municipal de Assistência Social.

O processo que culminou na conferência foi feito de forma participativa, como lembrou a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social e diretora de Proteção Especial da Semads, Joana de Cássia Prudêncio. “O processo se iniciou em junho com a abertura das inscrições, encerradas um dia antes devido à grande procura, o que foi uma grata surpresa pois mostra o compromisso de todos. Também foram realizadas reuniões nas unidades dos Cras e hoje temos a tarefa ímpar de construir as bases para a política de Assistência Social dos próximos anos.”

O conselheiro André Santos dos Anjos falou sobre a participação dos usuários. “Contribuímos com demandas e experiências no sentido de auxiliar o poder público na melhora dos serviços prestados pela Assistência Social no município, acredito que boas propostas sairão desta conferência.”

O coordenador do Cras São Camilo, Luiz Guilherme Fuschini Camargo, ressaltou a importância da participação social. “É importante esta participação pois permite que o usuário tenha uma melhor compreensão das necessidades e defina os próximos passos no campo da política.”

Partindo do tema central, a conferência propõe o debate de subtemas como dignidade humana e justiça social; participação social como fundamento do Suas; primazia da responsabilidade do Estado; qualificação do trabalho no Suas; e assistência social é direito. Ao final, serão apontadas diretrizes e eleitos os delegados que representarão a cidade na Conferência Estadual.

Também participaram da conferência o vereador José Carlos Ferreira Dias, a titular da Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres, Marilza Campos, e a responsável pela Coordenadoria do Idoso, Cláudia Sartori.

Grupo de maracatu se apresentou na abertura da Conferência da Assistência Social

Grupo de maracatu se apresentou na abertura da Conferência da Assistência Social

Viviane Rodrigues
Fotos: Paulo Grégio


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2015/08/05/participacao-popular-marca-abertura-da-10a-conferencia-da-assistencia-social/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original