Em observância ao período eleitoral, este canal mantém estático conteúdos anteriores à data 15/08, sendo atualizado somente por matérias relacionadas ao combate à Covid-19, ou de urgência social.

Ação conjunta de educação ambiental orienta visitantes da Serra do Japi

Publicada em 20/11/2017 às 15:45

Mais de 260 automóveis e cerca de 500 pessoas foram abordadas em dois dias de operação

Uma ação integrada entre as Unidades de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA), Mobilidade e Transporte (UGMT), Fundação Serra do Japi e Guarda Municipal, com apoio do 11º Batalhão de Polícia Militar do Interior, foi realizada neste fim de semana (sábado e domingo) na avenida Luiz Gobo, bairro Santa Clara, a fim de orientar quem trafegava pelo local sobre a importância da preservação da Serra do Japi. De acordo com uma estimativa da UGPUMA, cerca de 300 pessoas passam pela região da serra todo fim de semana.

LEIA TAMBÉM
Complexo Viário Prefeito Ary Fossen é inaugurado

A diretora de Meio Ambiente, Renata Freire, explica que a iniciativa, intitulada “De Olho na Serra”, teve como objetivo inibir o uso inadequado do território, sem, no entanto, impedir o tráfego das pessoas e automóveis pelo local. “Os agentes participantes explicaram aos abordados sobre a existência da Lei Complementar 417, de 2004, que regulamenta o uso e ocupação da área, que é uma APA (Área de Proteção Ambiental)”, pontua.

Ainda de acordo com a diretora, as irregularidades mais comuns cometidas são invasão de propriedades particulares sem anuência do proprietário, tráfego por áreas muito úmidas provocando erosões de solo e descarte de resíduos nocivos à fauna silvestre da região, entre outras. “Tem também a questão da velocidade dos veículos que trafegam pelo local. Já tivemos registros de acidentes graves envolvendo ciclistas”, acrescenta Renata.

Segundo o inspetor Soares, da GM, outro problema grave que tem ocorrido com frequência na Serra é a realização de churrascos, o que é proibido por um decreto municipal que regulamenta o uso da água e da mata. “Além do perigo de um incêndio de grandes proporções, existe também a questão do uso de bebidas alcoólicas e de drogas por alguns visitantes”, comenta. “Essa intensificação da fiscalização que estamos fazendo é, inclusive, um pedido dos moradores”, completa.

De acordo com a GM, nos dois dias da ação foram abordados: 263 automóveis, 15 motos, 44 ciclistas e cerca de 500 pessoas. Integrantes de seis jeeps também receberam orientações e um homem foi conduzido ao Plantão Policial por ter cometido crime ambiental. Além da ação em Jundiaí, a Guarda Municipal de Cajamar também realizou uma operação semelhante na área da Serra que fica no município.

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2017/11/20/acao-conjunta-de-educacao-ambiental-orienta-visitantes-da-serra-do-japi/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original