Tuberculose: UBSs oferecem exames para diagnóstico precoce

Publicada em 13/03/2019 às 12:17
Homem levando a mão à boca para tossir

Tosse persistente por mais de três semanas pode ser sintoma de tuberculose. O Dia Mundial de Combate à Tuberculose é celebrado em 24 de março

A Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) realiza, neste mês de março, a 1ª Intensificação de Busca Ativa de Sintomáticos Respiratórios para diagnóstico de Tuberculose. A iniciativa faz parte das ações ao Dia Mundial de Combate à Tuberculose, celebrado no dia 24 de março. As ações são realizadas pela rede de Atenção Básica do Município. O Município é reconhecido no Estado pelas iniciativas desenvolvida contra a doença e pelo índice de cura acima do preconizado pelo Ministério da Saúde (MS). O tratamento é oferecido gratuitamente pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Em média, por ano, de acordo com dados da Vigilância Epidemiológica (VE), da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), são registrados 100 novos casos da doença. “A partir do diagnóstico da tuberculose é feito o tratamento e acompanhamento pela própria Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência do paciente. A precocidade no diagnóstico aumenta a possibilidade de cura do paciente, sem sequelas e reduz a transmissão para outras pessoas, que tenham contato direto com o doente. O tempo mínimo de tratamento é de 6 meses, sendo supervisionado pelas UBSs. Jundiaí é uma cidade que tem um trabalho intensivo no combate a essa doença, registrando percentuais acima de 85% de cura, que é o preconizado pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial de Saúde (OMS)”, comenta a médica da Vigilância Epidemiológica (VE), Sandra Ervolino, responsável pelo trabalho específico à doença.

Mão segurando um copo de coelta e, ao fundo, cartaz da campanha

Exames para identificação da doença é feito em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs)

Cerca de 70% dos casos de tuberculoses registrados são pulmonares. A doença é infectocontagiosa com alto índice de cura se tratado adequadamente. “A tuberculose progride silenciosamente. Quando uma pessoa infectada tosse, elimina gotículas que contêm o bacilo de Koch, um micro-organismo minúsculo que, transmite a doença entre as pessoas que tenham contato contínuo. Essa transmissão é interrompida a partir do início do tratamento. Por isso a importância da precocidade do tratamento e conclusão, já que é longo, podendo chegar a um ano e meio, dependendo do tipo de Tuberculose”, explica a médica da VE, Madalena Mayumi Namba Hirayama.

Os sintomas de tuberculose são: tosse persistente por mais de três semanas, sudorese noturna, falta de ar, perda de peso, febre baixa, rouquidão e fraqueza. Na ocorrência dos sintomas, é indicado que a pessoa busque por atendimento na UBS mais próxima. Os exames são oferecidos diariamente e os resultados são conhecidos em 48 horas.

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2019/03/13/tuberculose-ubss-oferecem-exames-para-diagnostico-precoce/