Em observância ao período eleitoral, este canal mantém estático conteúdos anteriores à data 15/08, sendo atualizado somente por matérias relacionadas ao combate à Covid-19, ou de urgência social.

População aprova campanha de conscientização ‘Não dê mole para a morte’

Publicada em 23/11/2019 às 13:50

Desde o dia 11, motoristas e pedestres que circulam por Jundiaí têm se deparado com a figura emblemática da ‘morte’ – vestida de preto com a sua foice – e dos anjos no trânsito do Município. As aparições fazem parte da campanha ‘Não dê mole para a morte, faça a sua parte’, desenvolvida pela Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte (UGMT), com o objetivo da conscientização sobre os principais fatores que resultam em acidentes.

“Celular na direção! Nem pensar! Respeite a vida!”, “Sempre respeite a velocidade! Respeite a vida!”, “Dirige, fala e mexe no celular? Que ótimo!” e “Não respeita a velocidade? Adorooo!” são os recados deixados pelos personagens. Fernando Valadares passou pela avenida Nove de Julho na manhã deste sábado (23), enquanto a campanha era desenvolvida. “É uma iniciativa muito bacana, que realmente nos coloca para pensar”, comenta o morador de Jundiaí.

Henrique Crispim também aprovou a ação. “É uma boa forma de conscientizar. As pessoas precisam analisar os atos que praticam e que podem acarretar em problemas irreversíveis”, explica o morador de Jundiaí, que abriu o vidro do carro para conversar com a morte.

A campanha de conscientização desenvolvida de forma lúdica tem o objetivo de conscientizar sobre os riscos da falta de respeito à legislação de trânsito

Para o agente de trânsito Gilson Rios, que tem 18 anos no trabalho diário nas ruas, a desobediência às leis, o excesso de velocidade, o consumo de álcool antes de dirigir e a utilização de celular enquanto dirige são os principais fatores desencadeadores de acidentes. “A campanha é destinada para pedestres e motoristas, para lembrá-los que a morte sempre está ali, pedindo carona. Basta um erro para ela chegue até você”, alerta.

Os personagens seguem em circulação até o dia 20 de dezembro em espaços públicos, bares, faculdades e cruzamentos de grandes vias de Jundiaí para passar a mensagem de um trânsito mais seguro e de respeito à legislação. Segundo a responsável pela Divisão de Educação de Trânsito da UGMT, Juliana Maria Maia, a campanha tem tido boa receptividade entre a população. “O artifício lúdico colabora para que mensagem de conscientização seja absorvida. O acidente de trânsito pode causar desde fraturas leves até comprometimento total da vítima, ou ainda, a morte. Queremos sensibilizar as pessoas para que respeitem a vida, a sinalização e a convivência pacífica no trânsito”, explica e técnica, que ainda salienta os impactos causados pelos acidentes. “Quando acontece um acidente de trânsito, além do acidentado parar de trabalhar, outra pessoa da família terá de parar para poder cuidar dele. Isso desestrutura todo o ambiente familiar. Um acidente de trânsito causa impacto financeiro e emocional”, resume.

Fernando Valadares aprovou a campanha de conscientização

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ

 


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2019/11/23/populacao-aprova-campanha-de-conscientizacao-nao-de-mole-para-a-morte/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original