Experiências positivas são compartilhadas em Simpósio de Reabilitação Física do NAPD

Publicada em 02/12/2019 às 15:59

O Núcleo de Apoio às Pessoas com Deficiências (NAPD), da Prefeitura de Jundiaí, atende a 3 mil pessoas com deficiência, com projetos terapêuticos individuais que atendem a demanda específica de cada um. Para apresentar as ações e trabalhos foi desenvolvido, ao longo desta segunda-feira (2), o “I Simpósio de Reabilitação Física do Núcleo de Assistência à Pessoa com Deficiência: os desafios do Cuidado Integral”, no auditório da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ).

A atividade é direcionada para profissionais da Saúde e acontece antecipadamente ao Dia Internacional do Portador de Deficiência, celebrado na terça-feira (3). De acordo com a gerente do NAPD, Flávia Daolio Formigari Lima, o evento tem como objetivos apresentar a experiência de trabalho interdisciplinar desenvolvido pela equipe do serviço especializado no atendimento à pessoa com deficiência física e dispensação de órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção, equipamentos coletores e adjuvantes para estomias; além de dialogar sobre os desafios e potencialidades da Rede de Atenção à Saúde em compartilhar o cuidado à pessoa com deficiência física no SUS, na lógica da construção do cuidado integral.

Entre as ações que foram realizadas pela equipe e que trouxe benefícios aos atendidos foi a nova forma de atendimento para órteses e próteses. “Conseguimos, nos últimos dois anos, implementar um novo sistema, com a fabricante montando uma pequena oficina no espaço do serviço para atender as pessoas aqui, rapidamente, fazendo os moldes e realizando os ajustes necessários imediatamente. Somente essa intervenção reduziu em mais de 60% o tempo de espera para a entrega do material, passando de 1,5 ano para 6 meses”, explica. Nos últimos dois anos foram entregues cerca de 600 aparelhos por ano.

Simpósio de Reabilitação Física do Núcleo de Assistência à Pessoa com Deficiência: os desafios do Cuidado Integral foi realizado no auditório da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ)

O gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), Tiago Texera, representou o Prefeito Luiz Fernando Machado, durante a abertura. O chefe do executivo jundiaiense está em viagem para a Holanda (“Urban95 Festival: Pensando Cidades, Pensando Bebês”, em Roterdã), para apresentar as iniciativas de Jundiaí, integrante da Rede Latino-Americana – Cidade das Crianças, direcionadas para o público.

“Sabemos que uma cidade que é boa para as crianças, é boa para idosos, pessoas com deficiência, enfim, todos. Garantir o melhor atendimento em saúde para a população é meta da gestão e, compartilhar experiências de exitosas do cuidado integral, fortalece o serviço em rede e o trabalho desenvolvido com excelência pela equipe especializada do NAPD”, argumenta o gestor da Saúde.

Ele complementa lembrando que foram investidos R$ 800 mil em compras de órteses, próteses, palmilhas, cadeiras de rodas e outros equipamentos para o atendimento dos pacientes. “Foi o maior investimento já realizado na história do NAPD em um ano. A ação, aliada ao modelo implementado, conseguiu reduzir a fila de espera, que na gestão anterior chegou a 2 anos”, detalha.

Durante o período da manhã foram apresentados dados gerais sobre a Saúde de Jundiaí, que responde por 25,5% do Orçamento do Município; a gestão do cuidado à pessoa com deficiência física; a fisiatria e as principais patologias atendidas; serviço social no contexto da reabilitação e a abordagem da psicologia com pacientes e familiares. No período da tarde, foi abordado o tema fonoaudiologia em disfagia; estomias e incontinências; cuidados especializados em feridas complexas; órteses, calçados e palmilhas; amputação e processo de ‘protetização’ com o encerramento da atividade com o tema adequação postural em cadeira de rodas.

Dona Suzana Pedro de Souza, 68 anos, há 4 anos é amputada dos membros inferiores após complicações de um problema circulatório. “Foi no NAPD que eu me reencontrei. Lá tenho atendimento em equipamentos necessários além do apoio médico e terapêutico que preciso. Só tenho a agradecer toda a atenção que recebo da equipe. Participar do evento é se apropriar das discussões relevantes sobre as deficiências, que mudaram a lógica com a acessibilidade”, explica a moradora da Vila Dignidade, no Jardim Tamoio.

O evento contou com a participação da presidente do Conselho Municipal de Pessoa com Deficiência, Ivanilde Oliveira de Jesus, além do diretor da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) Edmir Américo Lourenço. O presidente da Câmara de Jundiaí, Faouaz Taha, também compareceu.

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2019/12/02/experiencias-positivas-sao-compartilhadas-em-simposio-de-reabilitacao-fisica-do-napd/
Leia mais sobre , ,

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original