Imigração Italiana é destaque nas duas novas exposições da Pinacoteca a partir desta quinta (19)

Publicada em 17/05/2022 às 09:00

Numa realização da Unidade de Gestão de Cultura (UGC), a Pinacoteca Municipal Diógenes Duarte Paes sediará a partir desta quinta-feira (19) duas novas exposições: “Nonni di São Paulo”, do artista Oliviero Pluviano, e “Paesani”, com obras do fotógrafo Emidio Luisi. O venissage está programado para as 19h30, com entrada franca.

Em homenagem à imigração italiana ao País, as mostras contarão com um destaque especial também para a comunidade italojundiaiense e segue com visitação gratuita até o dia 03 de julho.

“Paesani”, de Emidio Luisi, é resultado de pesquisa fotográfica iniciada na década de 1970

Nonni di São Paulo
“Nonni di São Paulo” (Avôs de São Paulo) reúne material referente ao período de 1887 e 1978, quando a Hospedaria de Imigrantes do Brás recebeu mais de 800 mil migrantes italianos com diferentes destinos e vivências tornando essa a nacionalidade predominante em termos quantitativos, entre as mais de 70 registradas nos documentos históricos do local.

Com foco para as experiências de pessoas que passaram por esse deslocamento, e grande parte se deslocou também ao interior de São Paulo por meio da ferrovia, a cidade de Jundiaí recebe a exposição que foi realizada pela primeira vez no Museu da Imigração e desde março de 2019 circula cidades do estado de São Paulo.

A curadoria reúne depoimentos realizados por Oliviero Pluviano, jornalista italiano radicado no Brasil, com o objetivo de registrar histórias de vida e compor um mosaico dessa imigração para as terras brasileiras, formando um painel da integração entre o país europeu e São Paulo.

A exposição, cuja primeira montagem foi viabilizada pelo Programa de Ação Cultural da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (ProAC) do Estado de São Paulo e do Consulado Geral da Itália em São Paulo; e patrocínio da Bauducco.

Vernissages serão nesta quinta (19), às 19h30. Exposições seguem gratuitas até o dia 03 de julho.

Paesani
Paesani (conterrâneo, em napolitano) é uma exposição fotográfica que reúne uma seleção de fotografias feitas por Emidio Luisi, resultado de uma pesquisa iniciada em 1982 sobre a história da imigração italiana na capital paulista, quando Luisi era assistente do fotógrafo italiano Sandro Spini, e que também resultou no livro “Ue’ Paesà” (Olá companheiro, em napolitano), que traz fotos de Luisi e textos de Wladimir Catanzaro.

A exposição é uma homenagem aos “homens, mulheres e crianças que pereceram nesse episódio triste, porém vitorioso, da construção de um país, onde hoje, somos todos ‘paesani’, conterrâneos, brasileiros”, nas palavras de Catanzaro, parceiro do fotógrafo.

Como parte da programação, a UGC promove também, com a coordenação de Luisi, o workshop gratuito “A fotografia com memória do instante transitório”. Os encontros serão na Pinacoteca e as 15 vagas disponíveis já foram preenchidas por meio de inscrição on-line.

A Pinacoteca faz parte do Centro Jundiaiense de Cultura Josefina Rodrigues da Silva (Jorosil), que fica na rua Barão de Jundiaí, 109, Centro. O horário de funcionamento é de terça a domingo, das 10h às 17h. Mais informações pelo telefone (11) 4586-2326.

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação e Arquivo PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2022/05/17/imigracao-italiana-e-destaque-nas-duas-novas-exposicoes-da-pinacoteca-a-partir-desta-quinta-19/
Leia mais sobre , ,

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original