Boletim Epidemiológico

Boletim 2 – Combate às Arboviroses

De 8 a 11 de janeiro/2019

Dengue

1 casos suspeitos

ZERO casos confirmados

Zika

ZERO casos

Chikungunya

ZERO casos

Febre amarela

ZERO casos

A Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), por meio da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) e Vigilância Epidemiológica (VE), disponibiliza semanalmente boletim informativo para acompanhamento de ocorrências das arboviroses dengue, zika, chikungunya e febre amarela durante o período de maior transmissão (janeiro a maio).

O informativo tem por objetivo, não somente manter a transparência das informações, como alertar a população para os cuidados para evitar os criadouros dos mosquitos Aedes aegypti, vetor transmissor das doenças, além dos profissionais de saúde sobre a atenção aos sintomas.

Janeiro a dezembro de 2018 


Dengue

385 casos suspeitos

8 confirmados (cinco autóctones e três importados)


Zika

4 casos suspeitos

ZERO confirmados


Chikungunya

19 casos suspeitos

ZERO casos confirmados

Febre amarela

4 suspeitos

1 confirmado (autóctone)

Os técnicos alertam a população para identificar e eliminar os possíveis criadouros do mosquito transmissor nas residências, juntamente com qualquer recipiente que possa acumular água. Somente com a eliminação dos mosquitos será possível conter a transmissão das doenças.

Em caso da ocorrência dos sintomas: febre alta e repentina, dores musculares, dor atrás dos olhos e dor de cabeça, o serviço de saúde mais próximo deve ser procurado para o atendimento e orientação adequada. Todas as informações sobre o deslocamento em viagens e recepção de pessoas de outras cidades/estado devem ser informadas para o profissional de saúde.