Em observância ao período eleitoral, este canal mantém estático conteúdos anteriores à data 15/08, sendo atualizado somente por matérias relacionadas ao combate à Covid-19, ou de urgência social.

Alunos do Brasil Alfabetizado conhecem a Biblioteca

Publicada em 23/10/2014 às 11:09

Primeiro, eles conheceram as primeiras letras. Depois, leram as primeiras frases. Agora estão entrando no mundo dos livros. Na tarde desta quarta-feira (22), pela primeira vez, um grupo de alunos do Programa Brasil Alfabetizado visitou a Biblioteca Municipal Professor Nelson Foot, em Jundiaí. A emoção se misturou com satisfação por mais um passo dado rumo ao conhecimento.

“Eu nasci e me criei no sertão. Lá, nem escola tinha. Agora, estou aprendendo a ler e a escrever. Gostei muito dessa visita porque tenho esperança de um dia pegar um desses livros aí e ler tudo. Enquanto eu viver, vou aprender”, comentou Gersina Lima de Sá, estudante de 78 anos, enquanto admirava o espaço.

LEIA TAMBÉM
Pronatec abre 385 vagas para cursos técnicos em Jundiaí

Pelo teatro, crianças aprendem cuidados com o meio ambiente

Gersina tem 78 anos e está aprendendo a ler e escrever

O Programa Brasil Alfabetizado é uma iniciativa do Ministério da Educação e visa superar o analfabetismo entre maiores de 15 anos. Foi implantado no município neste ano pela Secretaria de Educação, cumprindo meta do prefeito Pedro Bigardi de reduzir a quantidade de pessoas não alfabetizadas na cidade. Ao todo, 25 núcleos foram espalhados pelo município.

Dona Gersina faz parte de uma classe com 14 alunos do núcleo instalado no Centro Comunitário do Jardim Anhanguera e Vila Ana. Além dela, outros seis estudantes do espaço participaram da visita à biblioteca.

Histórias
“Resolvemos fazer essa atividade para ampliar o conhecimento que eles recebem em sala de aula. Além de conhecer o que o espaço oferece, estou contanto um pouco da história da empresa Argos, que ficava instalada aqui e era voltada para ações sociais. Nós também vamos visitar a Secretaria de Educação, o Centro Municipal de Educação de Jovens e Adultos e passear ao redor do Complexo Argos, para ver a Mesquita”, contou a alfabetizadora voluntária, Sueli Maria Pena.

O único homem do grupo, José Pedro da Silva, de 46 anos, aprovou a iniciativa. “Eu nunca tinha entrado em uma biblioteca. É um lugar muito sossegado. Gostei muito desse passeio.”

Estudantes do programa conhecem a biblioteca

Roberta de Sá
Foto: Paulo Grégio


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2014/10/23/alunos-do-brasil-alfabetizado-conhecem-biblioteca/