Em observância ao período eleitoral, este canal mantém estático conteúdos anteriores à data 15/08, sendo atualizado somente por matérias relacionadas ao combate à Covid-19, ou de urgência social.

Secretário visita aterro de Santana do Parnaíba junto com consultor alemão

Publicada em 23/04/2015 às 17:30

Nesta quarta-feira (22), o secretário de Serviços Públicos, Aguinaldo Leite, visitou o aterro sanitário de Santana do Parnaíba acompanhado do consultor do banco alemão KFW, Theo Schneider.

De acordo com Aguinaldo, o profissional está em Jundiaí para um diagnóstico de todos os custos operacionais da secretaria, entender como os processos relacionados a resíduos sólidos funcionam para que seja avaliada a possibilidade de investimentos na cidade. “Esse levantamento vai desde os serviços de varrição até a destinação final dos resíduos”, explica.

LEIA TAMBÉM
Plano de Drenagem está disponível para consulta
Drenagem no Santa Gertrudes põe fim nos buracos
Monitoramento e cobrança de caçambas são apresentados

 O aterro recebe o lixo de Jundiaí e de outros municípios


O aterro recebe o lixo de Jundiaí e de outros municípios

Com todos os custos operacionais em mãos, o banco saberá quanto o município terá de investir e qual a capacidade de endividamento do município. “A intenção é investir na modernização de caminhões, frota no geral, ecopontos e tratamento de resíduos antes da disposição final”, esclarece Aguinaldo, destacando que esse dimensionamento de custos servirá para um possível financiamento com o KFW.

A ida ao aterro não foi por acaso. Mensalmente, Jundiaí manda para Santana do Parnaíba cerca de 11 mil toneladas de resíduos a um custo de R$ 1,8 milhão ao mês. O custo é por conta dos serviços de transbordo, transporte e destinação final.

Além de Jundiaí, municípios como Barueri, Carapicuiba, Araçariguama, Pirapora, Santana do Parnaíba também levam seus resíduos ao aterro, resultando em um total de 25 mil toneladas ao mês. A vida útil do aterro, segundo o diretor Isidoro Fernandez Cepeda, é de mais dez anos, já que o local passa por ampliação.

O aterro conta com 30 pessoas no trabalho operacional, 10 na manutenção e outros 100 que coletam o lixo.

Theo Schneider destacou que vê muito empenho por parte da Prefeitura de Jundiaí, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, em entender quais são as melhores possibilidades para o tratamento adequado dos resíduos sólidos. “Toda a equipe sabe das dificuldades e o que precisa ser melhorado, reconhece as deficiências e quer encontrar uma solução.

Aguinaldo:  “A intenção é investir na modernização de caminhões, frota no geral, ecopontos e tratamento de resíduos"

Aguinaldo: “A intenção é investir na modernização de caminhões, frota no geral, ecopontos e tratamento de resíduos”

Luana Dias
Fotos: Paulo Grégio


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2015/04/23/secretario-visita-aterro-de-santana-do-parnaiba-junto-com-consultor-alemao/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original