Em observância ao período eleitoral, este canal mantém estático conteúdos anteriores à data 15/08, sendo atualizado somente por matérias relacionadas ao combate à Covid-19, ou de urgência social.

Nova classificação é alvo de audiência na Câmara

Publicada em 06/10/2015 às 14:07

Representantes dos diversos setores envolvidos na cadeia produtiva do turismo (“trade”) participaram da apresentação do Panorama de Turismo, na noite de segunda-feira (5), organizado na Prefeitura pela Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Turismo. Um dos destaques foi a inclusão de Jundiaí na faixa de 6,5% dos municípios brasileiros (218 de 3.345) reconhecidos pelo Ministério do Turismo como responsáveis por 68% do fluxo doméstico brasileiro e 97% do fluxo internacional.

“Além disso, estamos também em guias federais sobre turismo rural. É resultado dos esforços recentes do poder público, da iniciativa privada e da sociedade civil”, destacou o secretário Marcos Brunholi.

LEIA TAMBÉM
Turismo apresenta sua nova realidade em Jundiaí
Prefeito presta homenagem à Associação Agrícola
Feira Orgânica consolida sua edição dupla semanal
Feira especial de crianças surpreende no Paço Municipal

Os números comprovam os motivos do reconhecimento nacional ao turismo de Jundiaí

Os números comprovam os motivos do reconhecimento nacional ao turismo de Jundiaí

Converter Jundiaí em uma referência de turismo, diretriz refletida no aumento de 19% do fluxo entre 2013 e 2014 e com novo crescimento previsto para 2015, é a meta central da atual gestão do setor e do município. De acordo com a diretora de turismo, Marcela Moro, esse trabalho teve a cooperação de toda a secretaria e também de outros setores.

Os objetivos dessa diretriz para o período 2013-2016 foram definidos como o fortalecimento da organização do turismo local, a promoção de Jundiaí enquanto destino turístico, a ampliação dos atrativos turísticos qualificados, a implementação de rotas turísticas e a qualificação do turismo local.

Na articulação institucional, tudo isso se traduziu na reestruturação do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), na atuação efetiva junto ao Circuito das Frutas, no mapeamento de necessidades de cada segmento, na elaboração do projeto do Fundo Municipal de Turismo e na reaproximação com gestores na escala estadual e federal.

Na melhoria da infraestrutura, entraram a atualização do inventário de oferta turística, a pesquisa do perfil da demanda, o fomento a novos empreendimentos, os estudos para sinalização turística e a reestruturação do centro de informações.

No desenvolvimento de produtos estiveram a reestruturação da Festa da Uva, a realização do Festival Gastronômico, a criação do Empório Jundiaí para produtos locais, a elaboração do Calendário Turístico, a estruturação do Programa de Fomento ao Artesanato (Jundiaí Feito à Mão) e o Projeto Rotas Turísticas.

Na qualificação do turismo, entre outros, estão os estudos para o Selo de Qualidade do Turismo Rural, o fomento à qualificação profissional (com Senac, Senar e Sebrae), a qualificação por parcerias institucionais e a qualificação do artesanato local.

Na comunicação turística estão questões como o portal, o material gráfico de promoção, a atuação promocional junto ao fluxo de negócios (que é 25% do total, sendo o restante de lazer), promoção em feiras do setor e uso de mídias sociais.

Entre os resultados estão a passagem de 14 para 207 artesãos cadastrados no Jundiaí Feito à Mão, o salto de 32 mil visitantes para 153 mil visitantes da Festa da Uva entre 2011 e 2015, o crescimento de 7 mil para 13,2 mil pratos no Festival Sabores de Jundiaí entre 2013 e 2015 e uma evolução de 387.514 para 459.380 turistas na cidade de 2013 para 2014. Em termos econômicos, o setor de turismo já promove mais de 8% dos empregos diretos e indiretos no município.

Jose Arnaldo de Oliveira
Foto: Dorival Pinheiro Filho


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2015/10/06/nova-classificacao-e-alvo-de-audiencia-na-camara/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original