‘Novo’ Escadão surpreende pela acessibilidade em visita técnica

Publicada em 18/12/2015 às 17:00

A acessibilidade para todas as pessoas no novo Escadão, nome popular do acesso que supera o grande desnível entre a rua Vigário João José Rodrigues e a rua Barão de Jundiaí (na região chamada de Esplanada Monte Castelo), causou surpresa na visita técnica realizada às obras nesta sexta-feira (18) pela Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente.

“É ainda melhor do que esperávamos. Praticamente não se sente a subida pelas novas rampas, o que vai garantir a qualidade para todos, incluindo idosos ou cadeirantes”, explicou a secretária da pasta, Daniela da Camara Sutti.

LEIA TAMBÉM
Visite o site da Companhia Paulista
Veja mais os patrimônios históricos de Jundiaí

Confira o que abre e que fecha no Natal e Ano Novo 2015

Visita analisou avanços dos trabalhos em parte da Esplanada Monte Castelo

Visita analisou avanços dos trabalhos em parte da Esplanada Monte Castelo

Mais que um projeto, esse trabalho foi desenvolvido pela equipe de Projetos Urbanos que foi organizada na pasta sob orientação do prefeito Pedro Bigardi. A obra está sendo viabilizada em contrapartida de Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) pela empresa MPD. O andamento está estimado em 70%.

Um dos detalhes importantes, de acordo com o coordenador de projetos urbanos Décio Luiz de Almeida Pradella, é a recuperação da função original de mirante do local. “Embora isso tenha sido quase perdido pela construção de prédios, a nova configuração tem pontos que permitem a vista panorâmica quase original da Vila Arens e do horizonte ao fundo”, observou.

Ao permitir uma nova conexão acessível e lúdica a pedestres entre o Centro Histórico e a Vila Arens ou Vila Argos, o novo “Escadão” recupera também o papel da Esplanada do Monte Castelo como um ponto essencial e que concentra pontos centenários como o Teatro Polytheama, a Pinacoteca (antigo Grupo Escolar Siqueira de Moraes), o obelisco aos pracinhas da 2ª Guerra Mundial (hoje dentro da área da Escola Estadual Antenor Soares Gandra, ex-Industrial), a antiga Companhia de Força e Luz (que abriga hoje a Diretoria de Patrimônio Histórico) e a própria Câmara Municipal. Além, claro, da vizinhança com a nova configuração da Ponte Torta como monumento à memória urbana e social da cidade.

Rampas de baixa inclinação dão mais acessibilidade

Rampas de baixa inclinação dão mais acessibilidade

As obras ocupam um pequeno trecho da encosta arborizada da Esplanada.

“Esse conjunto de intervenções é uma prioridade de governo. Na verdade, tem um lado ambiental que também é a ligação entre dois pontos históricos que são a região do Centro e a região da Argos”, afirmou o prefeito Pedro Bigardi em setembro de 2014, no lançamento dos cuidados com a Ponte Torta, o Escadão e o trecho local do Parque Guapeva.

José Arnaldo de Oliveira
Fotos: Paulo Grégio


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2015/12/18/novo-escadao-surpreende-pela-acessibilidade-em-visita-tecnica/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original