Reunião define responsabilidades dos blocos

Publicada em 26/01/2016 às 17:40

Os representantes dos 13 blocos carnavalescos que se apresentarão nas ruas de Jundiaí neste ano participaram, na noite desta segunda-feira (25), na Casa das Letras e Artes, de uma reunião convocada pela Secretaria de Cultura, com a participação da Polícia Militar, Guarda Municipal, Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) e Secretaria de Transportes. No encontro foram abordadas questões como segurança, organização, trânsito e a responsabilidade dos blocos, que assinaram um termo se comprometendo a cumprir o horário e trajeto pré-determinados.

ACESSE O SITE DO CARNAVAL DE JUNDIAÍ

Segurança, trânsito, organização e responsabilidade dos blocos foram discutidos na reunião

Segurança, trânsito, organização e responsabilidade dos blocos foram discutidos na reunião

O diretor de Cultura, Jean Camoleze, destacou que é importante que os blocos cumpram os acordos. “É a primeira vez que realizamos esta reunião com os blocos carnavalescos. A proposta é orientá-los em relação à segurança e o trânsito. O Carnaval de rua de Jundiaí vem crescendo ano a ano, o que é positivo, pois amplia o espaço de lazer para a população.”

CONFIRA AS FOTOS DA CORTE DO CARNAVAL

Em relação à segurança, o capitão Marcos do 11º BPMI e capitão Biancardi do 49º BPMI, informaram que o policiamento será reforçado nas regiões dos blocos e em caso de ocorrências a PM deve ser acionada pelo telefone 190. A Guarda Municipal auxiliará com patrulhamento e sistema de monitoramento por câmeras.

O diretor da Divisão de Trânsito, Thiers Costa Marques Neto, disse que haverá equipes orientando e fazendo a sinalização do trânsito durante o percurso dos blocos. Algumas linhas de ônibus serão desviadas para evitar o trajeto dos foliões. “Por isso, é importante que os percursos e horários sejam respeitados para evitar transtornos”, ressaltou.

João Lima, do bloco Trinka Neko que estreia este ano no Carnaval de rua de Jundiaí, considerou a reunião positiva. “É a primeira vez que estamos saindo e é importante esta reunião para tirar dúvida e definir as responsabilidades do bloco.”

A diretora do Refogado do Sandi, Gisele Andrade Vieira, também destacou a importância do encontro. “É importante para orientar os blocos. Todos têm o direito de brincar o Carnaval, mas é preciso ter organização e responsabilidade. Em 22 anos de Refogado, nunca houve uma ocorrência policial”, afirmou.

Neste ano, o Refogado do Sandi foi reconhecido como Patrimônio Imaterial de Jundiaí pelo Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (Compac). Em 2014, o bloco reuniu quase 20 mil foliões nas ruas do Centro. “O Refogado retomou o Carnaval de rua de Jundiaí e abriu alas para novos blocos, oferecendo possibilidades para que a população tenha o direito de brincar durante a folia”, finalizou Gisela.

Viviane Rodrigues
Fotos: Alessandro Rosman


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2016/01/26/reuniao-define-responsabilidades-dos-blocos/