Jundiaí vai sediar 63º Fórum Paulista de Mobilidade Urbana

Publicada em 01/03/2016 às 14:30

Jundiaí foi escolhida para sediar o 63º Fórum Paulista de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana, nesta quinta (3) e sexta-feira (4), com abertura às 8h, no Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp). O prefeito Pedro Bigardi vai participar no auditório do Paço Municipal, às 15h, da abertura dos trabalhos da tarde.

O secretário de Transportes, Wilson Folgozi, vice-presidente de Trânsito do Fórum, explica que nos fóruns são discutidas políticas públicas para melhoria da mobilidade urbana em municípios do Estado de São Paulo, e Jundiaí foi eleita também pela implantação do projeto do BRT (trânsito rápido por ônibus). “Jundiaí é exemplo por ser a primeira cidade média do Estado de São Paulo a implantar o BRT. Os outros assuntos tratados foram escolhidos por meio de reuniões.”

LEIA TAMBÉM
Prefeito faz ‘Prestação de Contas’ no Morada das Vinhas

Jundiaí foi escolhida em fórum de outubro de 2015, na Praia Grande

Jundiaí foi escolhida em fórum de outubro de 2015, na Praia Grande

Serão abordados também temas como acidentes de trânsito, Década de Segurança Viária, Programa da Política Nacional de Trânsito, convivência entre pedestres e veículos e utilização dos recursos de multas.

O Fórum Paulista é promovido pela Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), por meio do Fórum Paulista, em que participam secretários e dirigentes de transportes de vários municípios paulistas, com objetivo de apresentar as experiências positivas adotadas nas cidades. Jundiaí já sediou o Fórum em 2012.

O BRT
O traçado de 4,25 quilômetros ligará o Terminal Colônia (na região Leste da cidade) ao Centro, na Praça Rui Barbosa. A obra prevê a construção de estações (de embarque/desembarque) e ampliação e reforma dos terminais Colônia e Vila Arens. Entre as estações estão: Tamoio, Pacaembu, Américo Bruno, Vila Arens, Argos e Parque Guapeva.

O projeto prevê também a construção de uma ciclovia (3,5 quilômetros), que vai acompanhar o corredor exclusivo para os ônibus até o viaduto Sperandio Pelliciari, que liga a Vila Arens à Ponte São João, e depois seguirá em direção ao Terminal Vila Arens.

“O BRT junta a capacidade, velocidade e qualidade do metrô com a flexibilidade, baixo custo e simplicidade do sistema convencional”, destaca o secretário. “O novo sistema proporcionará uma melhora significativa ao transporte coletivo da cidade, tanto em qualidade do serviço, quanto em infraestrutura, conforto, segurança, agilidade e acessibilidade”, completa Folgozi.

Para a construção do BRT em Jundiaí, o prefeito Pedro Bigardi já garantiu R$ 106 milhões junto ao governo federal e R$ 28,5 milhões de contrapartida da Prefeitura.

Luiza Ronchi
Foto: Divulgação


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2016/03/01/jundiai-sediara-63o-forum-de-mobilidade-urbana/