Moradores da última fase do Novo Horizonte assinam contratos

Publicada em 24/06/2016 às 18:18

A Fundação Municipal de Ação Social (Fumas) e a Caixa Econômica Federal fizeram nesta sexta-feira (24) as assinaturas do contrato dos condomínios 5 e 6 do Residencial Novo Horizonte. São 384 unidades habitacionais, com entrega prevista para a segunda quinzena de julho.

Cadastrados há mais de seis anos na Fumas, Laura Rodrigues Barbosa, de 47 anos, e seu marido Valdir Costa Barbosa, de 50 anos, se emocionaram ao falar sobre sua nova moradia. “Minha antiga casa era precária, não havia ligação de luz ou água. É muito bom saber que estamos indo morar em um local digno e seguro”, diz Laura.

LEIA TAMBÉM
Prefeitura mantém trabalho intenso no Mato Dentro
Mudança para apartamentos no Novo Horizonte é iniciada
Mais 39 matriculas entregues a moradores do Parque dos Ingás

Moradores estavam empolgados com a assinatura do contrato

Moradores estavam empolgados com a assinatura do contrato

Valdir afirma que gostou da localização e acredita que adaptação vai ser fácil. “Adorei o bairro. O local é ótimo, temos pontos de ônibus próximo e também um comércio. Vai ser fácil me acostumar.”

O superintende da Fumas, Waldemar Antônio Zorzi Foelkel, Cabelo, destaca que a habitação sempre foi uma das prioridades do governo do prefeito Pedro Bigardi. “É um trabalho incansável para que cada vez mais pessoas tenham moradia digna. É um marco para a cidade.”

Mais habitação
A Prefeitura entregou 320 unidades habitacionais no Residencial Novo Horizonte 3 e 4 na sexta-feira (10). Entre os apartamentos, 70 foram para famílias que moravam em áreas de risco do Jardim Novo Horizonte, Guanabara e Santa Gertrudes. As demais foram sorteadas.

Laura e Valdir comemoram a cada etapa.

Laura e Valdir comemoram a cada etapa.

CONFIRA AS FOTOS

Todas as unidades têm 45 metros quadrados de dois quartos, sala, cozinha, banheiro e uma vaga na garagem. Além disso, há uma área de lazer com um salão de festa com churrasqueira. No total, são 1088 apartamentos. A primeira fase foi entregue em fevereiro.

O terreno foi doado pela Prefeitura e a verba da construção foi dos programas Minha Casa Minha Vida e Casa Paulista. A parceria da Prefeitura com o Governo Federal resultou também na construção da Emeb Professora Marly de Marco Mendes Pereira. Funcionando desde fevereiro, a unidade tem capacidade para atender 400 alunos da pré-escola e do ensino fundamental. A escola tem seis salas de aula, uma sala de leitura, pátio coberto, cozinha, despensa, almoxarifado, lavanderia e área administrativa. Além disso, em breve passa a funcionar a Emeb Professora Martha Pereira da Silva, que vai atender 120 alunos.

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2016/06/24/moradores-da-ultima-fase-do-novo-horizonte-assinam-contratos/