Ambulatório de Moléstias Infecciosas será reformado pela Prefeitura

Publicada em 16/05/2019 às 15:04

O prédio estadual utilizado há mais de quatro décadas por serviços de saúde, localizado na rua Conde de Monsanto, que abriga o Ambulatório de Moléstias Infecciosas (AMI) e o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), será reformado com investimento de quase R$ 1 milhão, com a troca do telhado, reforma de banheiros, pintura e ambiência. A informação foi passada pelo Prefeito Luiz Fernando Machado, na tarde de quarta-feira (15), durante reunião com integrantes do Conselho Gestor do AMI e usuários e funcionários do equipamento.

Prefeito recebeu, em seu gabinete, conselho gestor do AMI, servidores e usuários do serviço

Prefeito recebeu Conselho Gestor, comissão de servidores e usuários do AMI na tarde de quarta-feira (15)

“A ansiedade que vocês têm é a mesma que a nossa. Priorizamos os investimentos e, a partir de organização e planejamento será possível realizar a reforma do equipamento, que é referência para o atendimento. Assim como no Hospital São Vicente (HSV), as equipes são de excelência, e que para o usuário ter o melhor, basta ter a ambiência. E isso será proporcionado com a reforma do prédio”, adianta o Prefeito Luiz Fernando Machado.

Segundo o diretor do Departamento de Atenção Ambulatorial e Hospitalar, Nelson Martins, o investimento é estimado em R$ 996,8 mil, proveniente do orçamento da UGPS. “A minuta do edital para a licitação da obra está em trâmite jurídico e, assim que publicada, a expectativa é que em três meses o processo seja concluído. A partir da empresa selecionada, o prazo para a conclusão de toda a reforma é de sete meses. O prédio terá todo o telhado trocado, os sanitários reconstruídos, além da pintura e mobiliário. É um prédio com mais de 40 anos de uso”, aponta.

De acordo com a gerente do AMI, a médica Margarida Maria Ferraz de Campos, o espaço recebe, em média, 200 pessoas por dia para o atendimento. “O nosso serviço é diferenciado e referência para os nossos usuários, que realizam exames, consultas, recebem medicamentos e demais atendimentos necessários. Essa reforma será uma melhoria representativa para usuários e também para os servidores”, detalha.

A reunião também teve a participação do gestor de Unidade de Gestão da Casa Civil (UGC), Gustavo Maryssael de Campos.

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2019/05/16/ambulatorio-de-molestias-infecciosas-sera-reformado-pela-prefeitura/
Leia mais sobre