Técnicos de Campinas conhecem o Estudo de Impacto de Vizinhança de Jundiaí

Publicada em 20/05/2019 às 17:15

A diretora do Departamento de Uso e Ocupação do Solo de Campinas, Sonia Barrenha, e os assessores especiais Fernanda Villaça e Rodrigo Barbuti estiveram na Unidade de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA) de Jundiaí nesta segunda (20) para conhecer o Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) da cidade.

Pessoas sentadas em volta a uma mesa conversando

A visita foi solicitada pelos técnicos de Campinas e teve como objetivo saber como funciona o procedimento em Jundiaí, onde o EIV existe deste outubro de 2011

A visita foi solicitada pelos técnicos de Campinas e teve como objetivo saber como funciona o procedimento em Jundiaí, onde o EIV existe deste outubro de 2011. Em Campinas esse instrumento urbanístico é recente – foi incorporado ao Plano Diretor de 2018 – e aí surgiu a necessidade de obter mais informações. “Nós já tínhamos estudado o EIV de Jundiaí pela internet e gostamos muito. Por esse motivo solicitamos o encontro, que foi muito produtivo, já que Jundiaí está muito à frente. Adorei a visita”, afirmou Sonia, que se encontrou com a equipe técnica de análise de EIV, formada por funcionários do Departamento de Urbanismo (DEURB) e Divisão de Políticas Territoriais.

Segundo Sylvia Angelini, diretora da DEURB, primeiramente foram disponibilizados os materiais disponíveis no site da prefeitura, já que, além da legislação municipal propriamente dita, já está em uso o Termo de Referência para elaboração dos EIVs, que baliza a apresentação dos documentos e análise dos processos. E, em 2018, o EIV entrou em um outro patamar, com sua inserção no site GeoJundiaí, criado para garantir o acesso aos dados municipais de forma transparente e que está à disposição de qualquer interessado no portal da Prefeitura de Jundiaí. Ali é possível consultar os mapas temáticos do EIV, com a localização georreferenciada dos empreendimentos imobiliários da cidade que foram analisados ou estão em processo de análise.

“Esta é uma ferramenta útil para o cidadão, que pode ver de perto o que está ocorrendo na sua vizinhança e se manifestar a respeito, e também para o poder público e outras unidades de gestão, que podem avaliar o impacto em suas áreas de atuação, como transportes, por exemplo”, afirma Sylvia.

Assessoria de Imprensa
Foto: Fotógrafos PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2019/05/20/tecnicos-de-campinas-conhecem-o-estudo-de-impacto-de-vizinhanca-de-jundiai/