Conselho de Alimentação de Itatiba conhece Banco de Alimentos de Jundiaí

Publicada em 06/06/2019 às 12:05

Com o objetivo de compreender o trabalho realizado pelo Banco de Alimentos de Jundiaí, representantes do Conselho de Segurança Alimentar de Itatiba (COMSEA) foram recebidas na manhã desta quinta (6) pela Unidade de Gestão de Desenvolvimento e Assistência Social (UGADS), responsável pela gestão do projeto intersetorial que também envolve a Fundação Municipal de Ação Social (Fumas) e as Unidades de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) e Agronegócio, Abastecimento e Turismo (UGAAT).

“Enquanto Conselho, queremos conhecer as ideias que já estão funcionando em outros municípios e que podem ser viabilizadas em nossa cidade”, comentou a presidente do Conselho, a nutricionista Fernanda Seyr Pozza. “Jundiaí é o segundo município que visitamos com essa finalidade e, como estamos muito próximos, não poderíamos perder esta oportunidade”, comentou, falando que a equipe também já visitou a cidade de Hortolândia.

Pessoas com toucas em cozinha industrial

Representantes do COMSEA de Itatiba visitaram as instalações da cozinha industrial da FUMAS, onde é operacionalizado o Banco de Alimentos de Jundiaí

A gestora da UGADS, Nádia Taffarello Soares, lembrou que antes da implantação do Banco em Jundiaí, as equipes envolvidas no processo também estudaram modelos de outros municípios. “Essa troca é muito importante para o aprendizado, mas o Banco de Alimentos só se tornou possível por conta do empenho e trabalho integrado das plataformas, envolvendo as áreas de assistência e ação social (UGADS e Fumas), saúde e agronegócio”, salientou.

A diretora do Departamento de Ação Social da Fumas, Clayde Almeida, apresentou à equipe itatibense as instalações da cozinha industrial onde ocorre o recebimento, triagem, separação, embalagem e encaminhamento dos alimentos para as doações. “Cedemos o espaço e a equipe para a operacionalização de todo o serviço do Banco”, explica.

Como funciona
Inaugurado em março deste ano, a iniciativa da Prefeitura de Jundiaí começou atendendo 40 famílias cadastradas em unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), classificadas em situação de vulnerabilidade social e suscetíveis à insegurança alimentar. Passados três meses, o número de atendimentos foi ampliado para 80 famílias, distribuídas entre Jardim São Camilo, Novo Horizonte, Santa Gertrudes e Vista Alegre.

As doações de frutas, verduras e legumes são feitas pelo Ceasa Jundiaí – ECAJ (Entreposto Central de Abastecimento Jundiaí) e supermercados parceiros da Prefeitura de Jundiaí. Recebidas as doações, realiza-se a pesagem, higienização e montagem das cestas verdes, que são encaminhadas para as unidades do CRAS nos bairros.

A destinação das cestas é feita às famílias cadastradas no CRAS e que participam das orientações feitas pela nutricionista clínica da UGPS, que explica os benefícios de cada alimento, suas propriedades nutritivas e indica receitas, otimizando o aproveitamento e evitando o desperdício do alimento.

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2019/06/06/conselho-de-alimentacao-de-itatiba-conhece-banco-de-alimentos-de-jundiai/