Hepatites: testes rápidos estão disponíveis em todas as UBSs

Publicada em 15/07/2019 às 18:31

O mês de julho é dedicado à prevenção, identificação e tratamento das hepatites B e C, segundo calendário da Organização Mundial de Saúde (OMS), identificado como a Campanha Julho Amarelo. Em Jundiaí, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Novas UBSs, Clínica da Família além do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) disponibilizam testes rápidos para a identificação das doenças. Os tratamentos estão disponíveis gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), no Ambulatório de Moléstias Infecciosas (AMI), que é referência para Jundiaí e região.

Agulha fura dedo, que goteja sangue

Testes rápidos para hepatite está disponível em todas as UBSs, Novas UBSs e Clínica da Família, além do Centro de Testagem e Aconselhamento

Neste ano o enfoque da campanha será a orientação e testagem para Hepatite C da população com mais de 40 anos que nunca tenha feito o teste; pessoas que tenham sido submetidas à transfusão sanguínea e/ou procedimentos dentários, cirurgias, injeções antes de 1993 ou aqueles que tenham realizado tatuagens e aplicações de ‘piercings’; parceiros sexuais e domiciliares de pessoas com hepatite B e C; usuários de drogas; pessoas privadas de liberdade; com doença renal crônica ou em diálise e trabalhadores da área de saúde.

“A descoberta precoce da doença é fundamental para o tratamento e evitar os agravos. Os exames e testes rápidos estão disponíveis durante o ano inteiro, em todos os equipamentos da Atenção Básica. No mês de julho, no entanto, é intensificada a campanha para a detecção e encaminhamento para o tratamento das doenças. A melhor forma de prevenir a hepatite B é tomar as três doses da vacina disponibilizada gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde. Até o momento, não existe vacina para Hepatite C”, alerta a gerente do CTA, Lurdes Munhoz.

De acordo com dados do CTA, de 2017 a maio de 2019 foram notificados em residentes no Município 132 casos de hepatite C (84 homens e 48 mulheres) e 46 casos de hepatite B (30 homens e 16 mulheres). Além disso, foram notificados mais 5 casos de coinfecção por Hepatite B e C (2 homens e 3 mulheres). A faixa etária que acumula maior número de notificações de hepatite C está entre 30 a 59 anos, totalizando 76 casos. No AMI existem 112 pacientes com hepatite B crônica em tratamento medicamentoso. Desde 2016 foram realizados tratamentos de 307 pacientes com Hepatite C, com taxa de cura de 96%.

Exames estão disponíveis na rede de saúde, gratuitamente

Julho é mês dedicado à intensificação sobre a ocorrência de hepatites

Os testes estão disponíveis das 7h30 às 17h no CTA (Rua Conde de Monsanto, 480 – Vianelo), de segunda a sexta-feira até o final do mês de julho, e, nas UBSs, Novas UBSs e Clínica da Família, também de segunda a sexta-feira, durante o horário de funcionamento dos equipamentos.

Nacional
O Ministério da Saúde estima que existam 1,7 milhões de brasileiros portadores do vírus da hepatite C e 756 mil portadores do vírus da hepatite B, porém muitas pessoas não sabem que têm estes vírus.

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2019/07/15/hepatites-testes-rapidos-estao-disponiveis-em-todas-as-ubss/