Em observância ao período eleitoral, este canal mantém estático conteúdos anteriores à data 15/08, sendo atualizado somente por matérias relacionadas ao combate à Covid-19, ou de urgência social.

Prefeitura inicia atendimento emergencial para pessoas em situação de rua

Publicada em 31/03/2020 às 11:15

A Prefeitura deu início, na noite dessa segunda-feira (30), ao abrigamento de pessoas em situação de rua na estrutura emergencial montada para o cumprimento das normativas da prevenção e enfrentamento do Coronavírus. No espaço, estruturado no Complexo Esportivo Jardim Ângela, na vila Aparecida, foram abrigados neste primeiro dia de atividades 18 pessoas, dentre os quais nenhum idoso.

O espaço, cedido pela Unidade de Gestão de Esporte e Lazer (UGEL), é conduzido pela Unidade de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS), com apoio da Guarda Municipal e inspeção da Vigilância em Saúde da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) e do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC).

O local irá funcionar com capacidade limitada, respeitando as orientações sanitárias e os levantamentos de demandas do Município realizados pelo Departamento de Proteção Social Especial da UGADS. Na estrutura, que funciona 24 horas sob supervisão da Prefeitura e da Guarda Municipal, serão oferecidos pernoite (em leitos que respeitem o distanciamento necessário) e atendimento técnico, além de banhos, alimentação e roupas.

Também será organizado cronograma de atividades, a fim de buscar a permanência dos usuários, evitando assim a sua circulação. “As vagas disponíveis neste complexo esportivo somam-se às mais de cem compradas pela Prefeitura em Organizações da Sociedade Civil. A ideia é não abrigar num mesmo espaço os usuários que já estão em acompanhamento nos abrigos e esses novos casos que a Abordagem Social identifica nas ruas. Por isso retomamos as atividades neste espaço, onde, no ano passado, já tivemos a iniciativa pioneira de montar um abrigo emergencial, mas na ocasião, por conta das baixas temperaturas durante a operação Noites Frias”, destaca Nádia Taffarello, gestora da UGADS.

Mulher sentada, usando luvas e máscaras, tomando anotações em prancheta, enquanto conversa com pessoas para serem atendidas

Assim que chegam ao local do abrigo, os usuários do serviço são atendidos para orientação sobre banho, alimentação e abrigamento

Pernambucano da cidade de Solidão, Jurandir da Silva tem 44 anos e há 30 mora em Jundiaí. Na rua há seis anos, Jurandir é acompanhado pelo Centro Pop, que o direcionou ao abrigo. “O que sei do vírus é que não se pode ficar exposto na rua, nem em meio a muita gente. Por isso tenho intenção de permanecer neste abrigo enquanto durarem as recomendações”, comentou.

Outro entre os primeiros a chegarem ao abrigo no fim da tarde dessa segunda (30) foi Emerson Costa, de 46 anos. Paulistano, mas há quatro anos em Jundiaí, também é atendido pelo Centro Pop, onde recebeu as orientações para cuidados com a higiene. “Eu sei que esse vírus pode levar à morte. Por isso aproveitava para usar banheiros públicos para lavar as mãos e usar álcool gel. Que bom que chegando aqui a primeira coisa que nos ofereceram foi um banho”.

Durante o período, a Prefeitura também recebe doações itens de higiene pessoal (sabonetes, xampus, escova e pasta de dente), limpeza em geral, vestuário, roupa de banho, água mineral, sacos de lixo, além de ração para os cães de estimação das pessoas abrigadas (parceria com o Departamento do Bem-Estar Animal – Debea). As doações devem ser enviadas para o Fundo Social de Solidariedade, que fica anexo ao Parque da Uva, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Para os atendimentos no abrigo, o encaminhamento é feito por meio do Centro Pop (rua Marechal Deodoro da Fonseca, 504, Centro) e do Serviço Especial de Abordagem Social (SEAS), serviço contratado pela Prefeitura e operado pelo Serviço de Obras Sociais (SOS). Todo munícipe que visualizar alguém em situação de rua deve acionar o telefone da abordagem social pelo número (11) 98531-0146, para que seja realizada a busca ativa e direcionamento.

Homem sentado sobnre colchão, com diversos outros colchões ao fundo, sobre chão de ginásio coberto

Jurandir pretende permanecer no abrigo, evitando a circulação pelas ruas

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2020/03/31/prefeitura-inicia-atendimento-emergencial-para-pessoas-em-situacao-de-rua/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original