Em observância ao período eleitoral, este canal mantém estático conteúdos anteriores à data 15/08, sendo atualizado somente por matérias relacionadas ao combate à Covid-19, ou de urgência social.

Cultura e Sindicato dos Metalúrgicos estudam parceria

Publicada em 04/08/2014 às 16:31

Os secretários de Cultura, Tércio Marinho, e da Casa Civil, José Carlos Pires, além do diretor do Museu Histórico e Cultural de Jundiaí, Jean Camoleze, visitaram nesta segunda-feira (4) a nova sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí e Região. O espaço contará com o Museu do Metalúrgico e o CineArte.

O trio foi recebido pelo presidente do sindicato, Eliseu Silva Costa, pelo diretor Luis Carlos de Oliveira, pelo secretário-geral Natanael Onofre Matias, o Caé, e pelo advogado Erazê Sutti. Na oportunidade, foi discutida a parceria entre o Sindicato dos Metalúrgicos e a Secretaria de Cultura, que irá contribuir com a programação do cineclube e do Museu do Metalúrgico.

LEIA TAMBÉM
Novos GMs já estão trabalhando nas ruas de Jundiaí
Prefeito participa de inauguração do novo posto da DAE

Cineclube com 34 lugares será aberto ao público

Cineclube com 34 lugares será aberto ao público

A nova sede do sindicato será inaugurada no próximo dia 11 (segunda-feira). Com 2,3 mil m² de área construída, divididos em cinco andares, a nova sede tem como diferencial o Museu do Metalúrgico, que conta a história da metalurgia e dos trabalhadores por meio de fotos, publicações – como o primeiro boletim do sindicato, datado de 1961 – e recursos audiovisuais.

O espaço também traz peças de várias épocas cedidas pelas empresas, a exemplo da máquina de costura da antiga Vigorelli. “O Museu do Metalúrgico era um sonho que se concretizou. Tem como objetivo resgatar a memória de quem lutou e valorizar os aposentados, pois se não fossem eles, não haveria história”, disse Eliseu.

Inédito
Para o secretário de Cultura, Tércio Marinho, o Museu do Metalúrgico é uma grande contribuição para a cultura e história da cidade. “O museu valoriza a luta e a resistência dos metalúrgicos que contribuíram para a pujança do Brasil. É um projeto inédito no País, que integra gerações e mostra o sindicato alinhado com a história e o futuro”.

O secretário da Casa Civil, José Carlos Pires, destacou a importância dos metalúrgicos na construção de Jundiaí. “A metalurgia faz parte do processo de industrialização da cidade. É um setor em expansão e a ideia de fazer este museu é importante no resgate e preservação desta memória”.

Visita ao Museu dos Metalúrgicos

Visita ao Museu dos Metalúrgicos

Cineclube
A nova sede do sindicato também conta com o CineArte, um cineclube com 34 lugares, destinado a exibição de filmes e documentários. A Secretaria de Cultura irá contribuir com a programação, que será aberta ao público. “Será um espaço a mais para a cidade, com sessões de filmes, não só para os filiados mas para o público em geral”, completa Eliseu.

Viviane Rodrigues
Fotos: PJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2014/08/04/secretaria-de-cultura-e-sindicato-dos-metalurgicos-estudam-parceria/