Em observância ao período eleitoral, este canal mantém estático conteúdos anteriores à data 15/08, sendo atualizado somente por matérias relacionadas ao combate à Covid-19, ou de urgência social.

Basquete feminino luta para manter hegemonia de 16 anos

Publicada em 11/06/2015 às 18:27

Luiz Cláudio Tarallo, técnico da equipe de basquete feminina de Jundiaí

Luiz Cláudio Tarallo, técnico da equipe de basquete feminina de Jundiaí

Em ritmo de Jogos Regionais, a equipe jundiaiense de basquete feminino, representada pelo Divino/COC/Jundiaí, está pronta para garantir mais uma vez o troféu de campeã. Desde 1999, as meninas levam o caneco consecutivamente e vão buscar manter a hegemonia.

No time já passaram diversos nomes conhecidos mundialmente, como Magic Paula, a ala Janeth Arcain e a pivô Marta Sobral. No currículo, conquistas históricas como o bicampeonato brasileiro de 1989 e 1990, o bicampeonato paulista nos mesmos anos e o Sul-Americano de 1990, no Equador.

Hoje, a equipe conta com meninas que compõem a seleção brasileira nas categorias sub17 e sub19. Nos últimos dez anos, competições como Jogos Abertos, Jogos da Juventude, campeonatos estaduais e nacionais foram conquistados pelo Divino. “Todas as vezes que entramos numa disputa é para vencer e, quando jogamos em casa, esse prazer da vitória é maior”, disse o técnico Luiz Cláudio Tarallo, ex-técnico da seleção brasileira na Olimpíada de Londres, em 2012.

LEIA TAMBÉM
Pista de BMX e academia ao ar livre são vistoriadas
Forças de segurança vão atuar nos 59º Jogos Regionais
Romão de Souza promove partidas para arrecadar agasalhos

Os Regionais em Jundiaí terão início no dia 1º de julho e as atletas que defenderão a cidade na competição são: Carla Lucchini, Gabriela Guimarães, Aline Moura, Susan Cortes, Taina Tozzi, Beatriz, Thalia de Paula, Yaisa Soares, Sabrina dos Santos, Jenifer Aquino, Isabelli dos Santos, Mariane Domingues, Mariane Vargas, Rafaela de Oliveira, Stefany Lourenço, Marcella Lamark, Monique e Kananda Benedicto. Um reforço também está vindo dos Estados Unidos: a pivô Mariana Lambert.

A equipe pode sofrer alguns desfalques devido às convocações para seleção no mesmo período dos Jogos. Mesmo assim, o Divino/COC/Jundiaí se mantém confiante. “Esse é um grupo muito promissor. As meninas estão em um nível esportivo avançado e bem integrado. O trabalho dessa forma flui melhor”, concluiu Tarallo.

Mais conquistas
A equipe de basquete feminino foi campeã dos Jogos Regionais em Sorocaba, sendo a única equipe coletiva que conquistou o título por Jundiaí na competição; campeã dos Jogos Abertos da Juventude (sub-19) em Itapetininga, também sendo a única classificada para a disputa das finais; campeã dos Jogos Abertos do Interior em Bauru; campeã da categoria sub-19 da Federação Paulista de Basquete; bicampeã da categoria sub-17 da Federação Paulista de Basquete e 3º colocada na categoria adulta (A2) da Federação, jogando com um grupo com média de 17 anos.

Assessoria de Imprensa
Foto: Fotógrafos PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2015/06/11/basquete-feminino-luta-para-manter-hegemonia-de-16-anos-nos-regionais/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original