‘Exame’ destaca eficiência do trabalho da GM de Jundiaí

Publicada em 23/11/2015 às 18:18

O aparato da Central de Monitoramento da Guarda Municipal foi foco de reportagem na edição desta semana da Revista Exame, uma das publicações de tiragem nacional da Editora Abril de maior credibilidade entre os leitores do País.

Em três páginas, o repórter Léo Branco apurou a eficiência do sistema de câmeras incrementado pelo prefeito Pedro Bigardi e os resultados positivos que o serviço trouxe à sociedade.

MAIS GM
Guarda municipal realiza sonho de lançar livro neste sábado (28)
Confraternização reúne corporação para celebrar 66 anos da GM
Sessão solene na Câmara vai celebrar 66 anos da Guarda Municipal

Revista Exame comprova eficácia do sistema de monitoramento da GM de Jundiaí

Revista Exame comprova eficácia do sistema de monitoramento da GM de Jundiaí

A reportagem exalta a queda de 57% no índice de roubos de veículos na cidade, na comparação entre o primeiro semestre de 2014 com o mesmo período desde ano. Os dados são baseados em números divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo.

A reportagem da Exame mostra ainda que poucas cidades do Brasil tem uma política de segurança pública como a de Jundiaí e mostra a proposta de trabalho integrado entre Guarda Municipal e as principais forças de segurança que atuam na cidade, como as polícias Militar e Civil.

Os investimentos em tecnologia, como a implantação de 187 câmeras, que, como uma espécie de “big brother”, monitora 24 horas por dia pontos estratégicos de Jundiaí e o sistema de leitura de placas (OCR) também são destacados na reportagem. A corporação de Vitória, no Espírito de Santo, é citada como outra referência no Brasil.

A Exame ainda lembrou das 12 mil cidades norte-americanas que têm polícia própria e que desenvolvem o trabalho integrado, e conversou com especialistas na área de segurança.

A secretária do Ministério da Justiça, Regina Miki, lembrou na reportagem da Exame sobre a proposta que tramita no Congresso para tornar a segurança uma obrigação de Municípios, Estados e União, o que daria mais autonomia e poder aos guardas municipais.

Exemplo de modelo para o Brasil e com repercussão, inclusive, no exterior, a Guarda Municipal é elogiada na semana em que completa 66 anos de trabalho, data que vai ser comemorada nesta terça-feira (24).

O comandante da GM, José Roberto Ferraz, destaca que as corporações têm de ficar alertas com o avanço da tecnologia. “É isso que procuramos fazer aqui em Jundiaí. O avanço, o emprego da tecnologia e a integração entre as guardas municipais permitem uma análise estratégica e de inteligência mais direcionada, o que acarreta na redução de alguns índices criminais, como os roubos e furtos de carros em Jundiaí”, destaca

Ferraz deixou claro que a corporação que representa vai sempre estar atenta às inovações do mercado. “Pretendemos em breve usufruir da tecnologia que nos permite identificar sons e usar mapas durante ações e ter todo o material necessário para que possamos acessá-los dentro das viaturas”, comenta.

Nesta terça-feira (24), o aniversário da GM ser lembrado em sessão solene, às 10h, na Câmara Municipal. Os guardas que mais se destacaram no ano vão receber a cobiçada medalha Vasco Antônio Venchiarutti.

“Nossa Guarda Municipal atende o Plano de Segurança Pública e Cidadania idealizado pelo prefeito Pedro Bigardi. O trabalho integrado, que envolve a administração pública, forças de segurança e sociedade, aliado ao uso da tecnologia e inteligência é o método mais eficaz na redução dos índices da criminalidade”, explica o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada, José Carlos Pires.

Ivan Lopes
Foto: Paulo Grégio


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2015/11/23/revista-exame-destaca-eficiencia-do-trabalho-da-gm-de-jundiai/