GMJ intensifica ações para a criação da Patrulha Maria da Penha

Publicada em 29/11/2018 às 17:38

A proposta que visa prevenir e combater a violência contra a mulher foi anunciada pelo titular da Unidade de Gestão de Segurança Municipal (UGSM), Paulo Sérgio de Lemos Giacomelli Stel (Jacó), na manhã desta quinta-feira (29), no auditório do Paço Municipal, durante a apresentação dos ’16 dias de ativismo pela não violência contra a mulher’.

LEIA TAMBÉM
Empresa japonesa ressalta bons resultados obtidos em Jundiaí

Prefeito Luiz Fernando esteve presente na abertura e defendeu a iniciativa

“Este encontro reflete a grandeza do trabalho que teve início no dia 20 de novembro (Consciência Negra) e prossegue até 10 de dezembro (Dia Internacional dos Direitos Humanos). Reafirma o compromisso e o empenho da atual Administração de colocar luzes e muita atenção para um assunto tão preocupante e que se trata de um problema cultural, social, que diariamente se caracteriza de inúmeras maneiras. Buscamos a solução para uma convivência harmoniosa em sociedade, com segurança principalmente para as mulheres, elaborando ações que contribuam para o fim da violência, com o objetivo de sensibilizar e conscientizar”, declarou o gestor da Casa Civil, Gustavo Maryssael.

Dentre os presentes, estavam o prefeito Luiz Fernando Machado; a assessora de Políticas para as Mulheres (Núcleo de Articulação das Políticas de Direitos Humanos), Penha Maria Camunhas Martins; Tiago Texera (Promoção da Saúde); Nádia Taffarello Soares (Assistência e Desenvolvimento Social); Kelly Cristina Galbieri (Assessoria de Políticas para Diversidade Sexual); e Benedito Marcos Moreno – comandante da Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ).

Durante o evento, especialistas no assunto explanaram sobre diversas situações referentes ao tema e que exigem direcionamentos específicos a partir de políticas públicas para a articulação de diferentes serviços, em uma rede integrada de atenção à mulher que vive em situação de violência. Dentre elas, a dra. Jane Rute Nalini Anderson, titular da 3ª Vara Criminal de Jundiaí; a assistente social Roberta Ribeiro, que atua no Programa de Vigilância às Violências- VIVA, do Ministério da Saúde; a dra. Érika Pimenta, da Assessoria Técnica da Saúde da Mulher; e a titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Jundiaí, a dra. Maria Beatriz Curio de Carvalho.

Patrulha Maria da Penha
O titular de Segurança Municipal destacou o trabalho realizado permanentemente pela Guarda Municipal de Jundiaí, no sentido de atuar neste combate, fortalecendo metas com uma série de iniciativas, dentre elas a criação do grupamento para integrar a Patrulha Maria da Penha. “Os agentes de segurança estão passando por capacitação especializada no intuito de se tornarem agentes multiplicadores dos conhecimentos adquiridos para os demais integrantes da Corporação. Temos o intuito de implantar o programa para o acompanhamento de mulheres que possuam medidas protetivas, juntamente com outros órgãos e instituições que formam a rede de apoio e atendimento”, pontou.

Assessoria de Imprensa GMJ
Fotos: Fotógrafos PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2018/11/29/gmj-intensifica-acoes-para-a-criacao-da-patrulha-maria-da-penha/