Palestra marca abertura da Semana do Trânsito em Jundiaí

Publicada em 18/09/2013 às 22:33

Para tornar as ruas menos perigosas é fundamental reduzir a velocidade. “Esta é uma das ações que têm dado mais resultados na luta contra os acidentes de trânsito”, afirmou o superintendente da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), Luiz Carlos Néspoli (Branco), na noite desta quarta-feira (18), durante a abertura da Semana Nacional de Trânsito.

Veja a matéria completa
Estatísticas preocupam gestores do trânsito

Confira a programação completa da Semana do Trânsito

O evento também lançou oficialmente o Programa de Humanização do Trânsito (PHT), da Secretaria de Transportes, com a campanha “Não Brinque no Trânsito”. O objetivo é a educação e conscientização dos motoristas, por meio de palestras e campanhas educativas.

Luiz Carlos Néspoli, o Branco, alertou que problema é uma “epidemia”

Luiz Carlos Néspoli, o Branco, alertou que problema é uma “epidemia”

O secretário de Transportes, Dinei Pasqualini, destacou a importância do programa. “Esta semana é muito importante. Estatísticas mostram que 95% dos acidentes viários são uma combinação de irresponsabilidade e imperícia. O trânsito mata mais que assaltos. De cada 10 leitos de UTI, 4 são de origem em acidentes de trânsito”, alertou. Em 2012, foram registradas 44 mil mortes em decorrência de acidentes de trânsito.

Dinei Pasqualini também lembrou que a situação do trânsito hoje tem origem em escolhas feitas no passado e destacou que a solução passa também em mais investimentos no transporte público. Segundo ele, estudos mostram que a cada R$ 1 investido em transporte público, R$ 11 são investidos em transporte particular. “Não há viário que resista.”

“No Brasil, cerca de 44 mil pessoas perdem a vida no trânsito por ano e Jundiaí quer ajudar a reduzir esse número. Mas só vamos conseguir isso se cada um de nós assumirmos nossas responsabilidades. Não há mais espaço para o álcool e a direção, para a alta velocidade, para os rachas ou para o descumprimento da legislação. No ano passado, mais de 30 pessoas perderam a vida no trânsito na área urbana de Jundiaí e queremos diminuir significativamente esse número”, disse o secretário.

O secretário de Comunicação Social, Cristiano Guimarães, lembrou que o trânsito é um dos maiores desafios da administração municipal, mas destacou que a proposta do governo é de sintonia com a população. “Este evento é uma das formas de aproximar o poder público da população.”

O secretário de Saúde, Cláudio Miranda, também participou da abertura e comentou o impacto que os acidentes de trânsito tem na saúde pública, exigindo altos investimentos em tratamentos, UTI, neurocirurgia, ortopedia, prótese, entre outros. “Este tipo de evento é importante para levar educação e orientação para a população.”

O evento contou ainda com a participação dos vereadores Márcio Cabeleireiro e Antônio de Pádua Pacheco, representando a Câmara Municipal, do comandante da Guarda Municipal, José Roberto Ferraz, e de representantes das polícias Militar e Rodoviária.

A Semana Nacional do Trânsito prossegue nesta quinta-feira (19) com uma ação especial na rua Barão de Jundiaí, no Centro. Contará ainda com palestras, atividades para os ciclistas e capacitação para Agentes de Trânsito e motoristas do Sistema Integrado do Transporte Coletivo.

Secretários e vereadores participaram da abertura da Semana de Trânsito

Secretários e vereadores participaram da abertura da Semana de Trânsito

Por Niza Souza
Foto: Dorival Pinheiro Filho


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2013/09/18/palestra-marca-abertura-da-semana-do-transito-em-jundiai/
Leia mais sobre