Plano de Segurança chega à região da Ponte São João

Publicada em 16/06/2015 às 15:11

Informação e novas ideias. É isso que busca a enfermeira, Cleide Soares, que deve se mudar para a região da Ponte São João nos próximos meses e participou da 19ª audiência sobre o Plano Municipal de Segurança Pública e Cidadania, nesta segunda-feira (15), na Emeb Pedro de Oliveira. A audiência englobou também o Jardim Pacaembu e Colônia.

CONHEÇA O PLANO NA ÍNTEGRA
VEJA O CALENDÁRIO DE AUDIÊNCIAS

A apresentação do plano foi realizada pelo coordenador executivo do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), José Carlos Pires, que tem comandado as audiências.

“Com a reurbanização do Jardim São Camilo, a abertura de novas ruas aumentará a circulação e, consequentemente, a segurança na região. Também já estão sendo combatidas atividades irregulares no bairro, além da presença da ronda da Guarda Municipal e Polícia Militar”, afirma Pires.

LEIA TAMBÉM
Serviços Públicos faz poda de árvores no Anhangabaú
Forças de segurança vão atuar nos 59º Jogos Regionais
Moradores da região do Cecap debatem Plano de Segurança

José Carlos Pires: "Projetos para mais segurança em toda cidade"

José Carlos Pires: “Projetos para mais segurança em toda cidade”

O diretor da Unidade de Serviço Leste, Celso Arantes, afirma que a iluminação do bairro também está sendo cobrada na CPFL, enquanto a responsabilidade não passa ser da Prefeitura de Jundiaí.

Na próxima quarta-feira (17), a audiência será realizada no Eloy Chaves, a partir das 19h, na Emeb Prof. Geraldo Pinto Duarte Paes. O coordenador convida todos os moradores da região. “A perspectiva é que muitos moradores participem. A ocupação de espaços públicos e monitoramento da Serra do Japi são temas que serão abordados”, ressalta.

Participaram da audiência representantes da Guarda Municipal, Defesa Civil, Secretaria de Transportes, Serviços Públicos e Esportes e Lazer.

Essencial
As audiências fazem parte do processo de implantação do plano, que tem como eixo condutor a integração entre as forças de segurança, administração pública e sociedade. Para que os moradores possam ter maior participação nos encontros, o GGIM modificou as datas e as audiências serão às segundas e quartas-feiras.

Segundo José Carlos Pires, os encontros foram divididos por regiões, de acordo com a aproximação geográfica, para facilitar o deslocamento da população e também ouvir sugestões e contribuições dos moradores de todos os bairros de Jundiaí.

O plano
Constituído de 10 desafios e 35 metas, o plano prevê a ampliação do sistema de videomonitoramento em parceria com o Governo do Estado. Chamado de Muralha Virtual, o objetivo é que as câmeras atendam não só Jundiaí, mas todas as cidades que fazem parte da Aglomeração Urbana de Jundiaí (AUJ).

Outra meta é a instalação da Delegacia da Polícia Federal em Jundiaí, assim como o Departamento de Polícia do Interior (Deinter) e o Comando de Policiamento do Interior (CPI), ambos da Polícia Militar.

Além das metas já atingidas, como a criação do Conselho Municipal de Segurança Pública e Cidadania, e do Fundo Municipal, o plano ainda prevê a descentralização da Guarda Municipal, regulamentação dos vigilantes autônomos, entre outras.

População da Ponte São João debate Plano de Segurança

População da Ponte São João debate Plano de Segurança

Luiza Ronchi
Fotos: Dorival Pinheiro Filho


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2015/06/16/plano-de-seguranca-chega-a-regiao-da-ponte-sao-joao/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original