Ciclistas tomam Nove de Julho e terão audiência pública

Publicada em 23/09/2015 às 16:01

Com a ciclofaixa-piloto do Dia Mundial Sem Carro instalada na terça-feira (22), centenas de bicicletas tomaram a avenida Nove de Julho na noite deste dia, numa tentativa de mostrar que existe uma demanda reprimida por roteiros mais seguros para o uso desse modal de transporte em Jundiaí. O resultado valorizou o tema, que vai ser alvo de audiência pública em outubro.

VEJA AS FOTOS

LEIA TAMBÉM
Prefeito oficializa Semana Nacional do Trânsito
Nove de Julho ganha ciclofaixa no Dia Mundial Sem Carro
Prefeitura faz visita técnica a obras da Ponte Torta e Escadão

Mais de 300 ciclistas estiveram presentes no passeio/manifestação

Mais de 300 ciclistas estiveram presentes no passeio/manifestação

A ação contou com a presença de secretários como Daniela da Camara Sutti (Planejamento e Meio Ambiente) e Wilson Folgozi (Transportes), que destacaram a orientação do prefeito Pedro Bigardi na busca pela mobilidade como elemento de qualidade de vida.

“Sem dúvida foi um dia histórico e não tivemos conflitos entre motoristas e ciclistas, que é o objetivo de uma boa convivência no trânsito”, destacou o secretário Wilson Folgozi.

Para Daniela da Câmara Sutti, a questão da bicicleta como forma de mobilidade cria uma reflexão sobre a hegemonia absoluta do automóvel particular no planejamento urbano. “É preciso desenvolvimento para todos, por maior que esse equilíbrio seja um desafio para a comunidade”, afirmou, lembrando também do pedestre e do convívio nos espaços públicos abordado no projeto Urbanismo Caminhável.

Esses e muitos outros assuntos estarão presentes no debate sobre a proposta preliminar de cidade no 2º Fórum do Plano Diretor Participativo, no dia 3 de outubro (sábado). Mas o assunto das bicicletas do plano também vai ser aprofundado com uma audiência pública específica sobre o Plano Cicloviário de Jundiaí, na manhã do sábado, 17 de outubro, na Biblioteca Municipal e que vai ter detalhes divulgados no fórum.

Entre os participantes, equipe de transportes da Prefeitura

Entre os participantes, equipe de transportes da Prefeitura

Motivos para pedalar
Organizado por grupos como Megabikers, Pedala Jundiaí e remanescentes da “antiga” Bicicletada Jundiaí, o passeio reuniu 320 pessoas de todas as idades e atividades (de acordo com contagem do evento) em uma celebração da bicicleta como meio de transporte.

“Estou muito contente por ver tanta gente adepta da bicicleta. Comecei há uns quatro meses como forma de lazer e de saúde e tenho estimulado outros amigos”, comentou Adriano Dias.

Na mesma linha foi o comentário de Nathália Furquim, gestora ambiental que aponta como motivos básicos o meio ambiente e a saúde. “Não precisa de outros, precisamos de mais apoio para essa prática”, comentou.

“Uso todos os dias. Acho que a sociedade está ficando mais consciente”, afirmou o produtor musical Gustavo Abreu.

Todas as pessoas ouvidas lembraram que é preciso usar o bom senso, usando outros tipos de transporte em viagens mais longas e priorizando a bicicleta nos trajetos possíveis no cotidiano.

“É a experiência mais próxima da liberdade, sentir o vento batendo no rosto”, destacou Meire Solange. Outro usuário constante da bicicleta, Roberto Fernandes resumiu a paixão dos adeptos mais constantes. “É bike na veia, né?”.

CONFIRA AS ATIVIDADES RELACIONADAS AO ‘DIA MUNDIAL SEM CARRO’

Novo passeio
No próximo domingo (27) um novo passeio ciclístico será realizado, desta vez organizado pelo Sesc Jundiaí, com saída prevista do local para as 9h e retorno previsto para as 13h. São 250 vagas para acesso aos kits, mas a participação é aberta aos interessados. Saiba mais em

José Arnaldo de Oliveira
Fotos: Dorival Pinheiro Filho


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2015/09/23/ciclistas-tomam-nove-de-julho-e-terao-audiencia-publica/