Coordenadores aprendem experiências para levar às escolas

Publicada em 19/05/2017 às 18:24

Coordenadores das escolas de tempo integral e assessores pedagógicos da Unidade de Gestão de Educação (UGE) participaram, nesta sexta-feira (19), de uma formação do Projeto Experimento, desenvolvido em Jundiaí por meio de uma parceria com a Fundação Siemens e com o Colégio Visconde de Porto Seguro. A atividade foi realizada no Centro Municipal de Desenvolvimento Profissional e Formação, no Complexo Argos.

O projeto é realizado, desde 2015, em Emebs de Ensino Fundamental. Neste ano, mais oito escolas fizeram adesão. As unidades trabalham com experimentos nas áreas de energia, meio ambiente e saúde. Para isso, recebem um kit com diversos materiais ofertados pela Siemens, e os coordenadores das escolas passam por formação com educadores do Colégio Visconde de Porto Seguro.

LEIA TAMBÉM
Educavi promove capacitação para novos integrantes da Ronda Escolar/Anjos da Guarda
Escolas municipais promovem atividades especiais na Semana Mundial do Brincar

“A ideia é que os alunos do 1º ao 5º ano passem a trabalhar com um ciclo de pesquisas científicas. Essa é uma iniciativa que começou há dois anos no Brasil e, hoje, atinge 33 mil estudantes. Trabalhar com as experiências é fantástico”, explicou a coordenadora institucional do currículo bilíngue de Educação Infantil e do Ensino Fundamental 1 do Colégio Visconde de Porto Seguro, Carla Ahlemeyer Siqueira, responsável pela formação desta sexta-feira.

Os coordenadores e assessores aprenderam, na prática, inúmeras experiências para serem levadas aos professores

Prática
Utilizando materiais como bexigas, óleo de cozinha, papel crepom, coador de café, tintas, barbante, detergente, temperos, água é álcool, os coordenadores e assessores aprenderam, na prática, inúmeras experiências para serem levadas aos professores das escolas para que, em sala de aula, desenvolvam com os alunos.

“Esse projeto vem ao encontro da nossa proposta para a Educação, pois objetivamos a formação integral do nosso aluno e o Experimento trabalha com o desenvolvimento do pensamento crítico. O aluno se envolve e isso contribui com o seu desenvolvimento”, ressaltou a diretora de Ensino Fundamental da UGE, Ellen Therezinha Cândido.

Segundo o diretor de relações Teuto-Brasileiras e de Recursos Humanos da Fundação Visconde de Porto Seguro, Mauritius Reisky von Dubnitz, ao despertar o gosto pelas ciências nos primeiros anos de escolaridade, o projeto estimula o interesse pela área de exatas. “Essa parceria para multiplicar o projeto para as redes de ensino é muito importante. Queremos estimular o interesse pela área de exatas, por meio de experimentos. Quanto mais jovens conseguirmos atingir, melhor será, pois existe um interesse da Alemanha em receber jovens capacitados.”

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2017/05/19/coordenadores-aprendem-experiencias-para-levar-as-escolas/
Leia mais sobre ,