Artistas locais promovem diversidade cultural na Virada

Publicada em 18/05/2015 às 15:55

A Virada Jundiaí promete ser um dos eventos culturais mais consagrados da história. Promovida pela Secretaria de Cultura, a Virada vai reunir mais de 80 atrações distribuídas em nove pontos da cidade durante três dias de evento, com atração para todos os gostos que valorizam as várias vertentes culturais e tendo a arte brasileira como protagonista deste grande encontro.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

A Academia Capoeira Idalina se apresenta na tarde de sábado (23), no Parque Comendador Antônio Carbonari (Parque da Uva). O fundador é Cassio Martinho, o mestre Rã, reconhecido internacionalmente pelo trabalho realizado. “A presença da capoeira num evento dessa grandeza ajuda a disseminar a importância dela, que reúne dança, música e arte marcial. É também fundamental lembrar que a ‘Idalina’ é a única academia de capoeira originalmente jundiaiense“, disse.

LEIA TAMBÉM
BuZum! leva os espetáculos para a Virada Jundiaí
Grandes nomes da música marcam presença na Virada
Senhor Dodói: Cia de Teatro faz estreia oficial da temporada
Jundiaí participa da 13ª edição da Semana de Museus a partir de terça

Show da banda UTI é um dos mais requisitados pelos fãs

Show da banda UTI é um dos mais requisitados pelos fãs

Mestre Rã elogia a iniciativa da Secretaria de Cultura e lembra que o grupo também está sendo valorizado por realizar trabalhos sociais em várias pontos da cidade, como nos bairros Fepasa, Jardim Tamoio e Vila Ana, atendendo mais de 50 crianças. “Muitas das crianças que já formamos são hoje professores da academia e vão se apresentar com o mestre Pássaro na Virada Jundiaí.”

O samba da melhor qualidade também vai rolar no Coreto do Parque da Uva, com a dupla Telma e Marcola, que montou um repertório especial em homenagem aos grandes nomes do samba. “Vamos apresentar desde Jackson do Pandeiro, passando pelo samba nordestino, afro samba e outras vertentes, celebrando grandes compositores”, revela a cantora Telma Costa. Com 25 anos de estrada, a dupla, consagrada dentro e fora de Jundiaí, enaltece a iniciativa do governo Pedro Bigardi. “Esta administração tem reconhecido o valor dos talentos locais e o público começa a descobrir que aqui tem muito artista bom. Sempre teve, mas faltava oportunidade“, avalia Telma.

E para não faltar um cortejo que emocione e chame todo mundo a dançar, os Tambores de Inkice fazem a festa na praça da Matriz, a partir das 12h30, do sábado (23), com a mescla percussiva e performática de batidas africanas, com toques de ciranda, coco e maracatu. Kleber Moura, mestre do grupo, ressalta que a atual gestão se diferencia porque tem visão de cultura popular. “Graças a esse apoio temos tido a oportunidade de investir mais no grupo, que foi crescendo a partir das oficinas de tambores e que hoje já conta com mais de 30 integrantes. Todos eles fazem questão de participar dos eventos realizados pela Prefeitura“, conta Moura.

Pedras vão rolar
Pelo menos 15 bandas de rock da região estarão nos palcos do Parque da Uva para animar a legião de fãs do estilo musical mais adorado do planeta.
Entre elas se apresenta a Banda UTI – Última Transição Inconsciente. Pelo gênero musical focado no classic rock e pela qualidade dos músicos, a UTI desponta como uma das mais reconhecidas do segmento no Estado. Apresentando sons de grandes nomes como Pink Floyd, Deep Purple, Iron Maiden e Metallica, a UTI, que já contabiliza 26 anos de carreira, é sinônimo de show lotado.

O guitarrista Marcelo Bertola ressalta a importância da Virada Jundiaí como um espaço de projeção dos artistas locais. “A Cultura está de parabéns porque tem investido em nossa classe que há muito tempo estava esquecida”, disse. Também fazem parte da agenda do rock as bandas Patrulha Noturna, Metamorffose, Locomotrom, Agnus Rock, Zabbadas, Quartett Noble e Rock Seixas.

Programe-se
A Virada Jundiaí será realizada nos seguintes locais: Parque da Uva, Museu Histórico e Cultural de Jundiaí, Praça Governador Pedro de Toledo (Praça da Matriz), marquise da Casa da Cultura, Pinacoteca Diógenes Duarte Paes, Teatro Polytheama, Complexo Fepasa, Estação Juventude e Jardim São Camilo.

Na sexta (22), a programação tem início às 18h e, no sábado (23) e domingo (24), às 10h. O encerramento na sexta (22) e no sábado (23) será as 22h e, no domingo (24), às 20h.

Tambores de Inkice é outra atração

Tambores de Inkice é outra atração

Assessoria de Imprensa
Fotos: Arquivo PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2015/05/18/artistas-locais-promovem-diversidade-cultural-na-virada-jundiai/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original