Jundiaí doa área de 24 mil m² para o Instituto Federal de São Paulo

Publicada em 19/12/2015 às 16:25

A Prefeitura e o Instituto Federal de São Paulo (IFSP) assinaram na sexta-feira (18) o acordo de doação de uma área de 24 mil m² no bairro do Residencial Jundiaí 2, no Vetor Oeste. Próximo da zona industrial dessa região, vai abrigar o futuro campus universitário da instituição.

“Temos atualmente um campus avançado, que iniciou alguns cursos técnicos no Complexo Argos. Mas queremos contar com um campus pleno e esse é um dos passos necessários”, afirmou o prefeito Pedro Bigardi, contando que nesta semana teve um diálogo direto com o ministro da Educação, Aloísio Mercadante, sobre os planos de Jundiaí.

LEIA TAMBÉM
Instituto Federal forma primeira turma de técnicos
Prefeito anuncia duas novas escolas em período integral
Procon Jundiaí dá dicas para compras da ceia deste Natal

‘Novo’ Escadão surpreende pela acessibilidade em visita técnica

Prefeito, vice e secretário de Educação junto com representantes do Instituto Federal

Prefeito, vice e secretário de Educação junto com representantes do Instituto Federal

A área escolhida fica na região chamada Zona de Expansão e Estruturação Urbana pelo novo Plano Diretor Participativo, que está em andamento para a etapa final, e já recebeu investimentos como a área do futuro Parque Tecnológico, um novo conjunto residencial com mais de 1 mil habitações sociais, a fase final da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 Horas), novas obras de infraestrutura como a ponte entre Novo Horizonte e Jardim Tulipas e outros. A doação ocorreu no regime de concessão em comodato, com prazo de 100 anos.

De acordo com o reitor do IFSP, Eduardo Medório, mesmo com as limitações atuais da economia a cidade de Jundiaí se coloca à frente de muitas outras que pleiteiam novos campus da instituição.

Assinatura do acordo reforçou a ligação entre a Prefeitura e o Instituto

Assinatura do acordo reforçou a ligação entre a Prefeitura e o Instituto

O secretário de Educação José Renato Polli lembrou que a mudança de perfil educacional da população exige a expansão da oferta universitária.

“É um processo gradual, mas está dentro do cenário. Ao universalizar o ensino básico e avançarmos no ensino médio, cresce a demanda pelo ensino superior que também teve reforços com programas como o ProUni, de vagas privadas, e o Fies, de financiamento estudantil”, afirmou, lembrando que há 15 anos a cidade tinha um número muito menor de vagas.

A cerimônia foi acompanhada ainda pelo vice-prefeito Durval Orlato (que lançou o processo em 2013), pelo gestor da parceria na Secretaria de Educação, José Ronaldo Pereira, e outros gestores do próprio IFSP.

José Arnaldo de Oliveira
Fotos: Dorival Pinheiro Filho


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2015/12/19/jundiai-doa-area-de-24-mil-m%c2%b2-no-residencial-anchieta-para-o-instituto-federal/