Em observância ao período eleitoral, este canal mantém estático conteúdos anteriores à data 15/08, sendo atualizado somente por matérias relacionadas ao combate à Covid-19, ou de urgência social.

Prefeitura lança Protocolo da Rede de Atenção à Pessoa Idosa

Publicada em 15/06/2016 às 18:52

No Dia Mundial de Conscientização de Violência contra a Pessoa Idosa, a Prefeitura, por meio das secretarias de Saúde, Assistência e Desenvolvimento Social e Coordenadoria do Idoso, lançou, oficialmente, o Protocolo da Rede de Atenção à Pessoa Idosa em Situação de Violência, nesta quarta-feira (15), no Paço Municipal.

A coordenadora do Idoso, Claudia Sartori, explica que o protocolo traz os tipos de violência cometidos contra idosos, fatores de risco e toda a rede de atendimento voltada à pessoa idosa em situação de violência. “Desde 2013 trabalhamos na elaboração do documento, fruto do trabalho entre a Coordenadoria do Idoso e secretarias de Saúde e Assistência e Desenvolvimento Social (Semads). No processo, identificamos um número muito baixo de notificações de casos de violência envolvendo idosos. Daí surgiu a ideia de criar o protocolo com a proposta de esclarecer os idosos sobre seus direitos e encorajá-los a denunciar abusos e casos de violência”, explica Cláudia.

LEIA TAMBÉM
Centro de Convivência e Geração de Renda é lançado
Educação de Jovens e Adultos conhece direito dos idosos

Prefeitura e Faculdade de Medicina previnem contra o vitiligo
Prefeitura capacita mil servidores em atendimento de idosos

Evento marcou assinatura e oficialização do protocolo

Evento marcou assinatura e oficialização do protocolo

De acordo com dados da Secretaria de Saúde, em 2015, foram registrados 398 casos envolvendo pessoas em situação de violência, dos quais apenas 6% correspondem a idosos. “É um número baixo. A intenção é alertar sobre a importância da notificação, pois através dela é possível investigar e levar a denúncia adiante”, salienta o secretário de Saúde Luis Carlos Casarin.

Para a secretária da Semads, Giany Póvoa, o documento aponta diretrizes para o atendimento à pessoa idosa em situação de violência. “É um atendimento amplo, que requer solidariedade, desprendimento, respeito, avaliação, contato com a família, ou seja, depende de vários olhares. Neste sentido, este trabalho intersetorial é fundamental.”

O prefeito Pedro Bigardi destacou o pioneirismo do protocolo. “Jundiaí é uma das poucas cidades a contar com este documento, que busca ações conjuntas em defesa do idoso. É mais uma ação importante, a exemplo da criação da coordenadoria, da lei municipal que fortalece o Conselho do Idoso, a criação do Fundo Municipal, a conferência municipal, a cartilha e a preparação dos servidores para o atendimento deste público.”

Participaram profissionais das secretarias envolvidas na elaboração do documento

Participaram profissionais das secretarias envolvidas na elaboração do documento

O presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (Comdipi), Milton Calzavara, aprovou a iniciativa. “O protocolo é oportuno, pois traça estratégias para tratar a questão da violência da pessoa idosa. Poucas cidades possuem este documento, e o Conselho fica feliz com este avanço.”

Já em vigor, o protocolo cria uma linha de atendimento articulada em rede. Denúncias e suspeitas de casos de violência envolvendo a pessoa idosa podem ser feitas nas unidades básicas de saúde (UBS), unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Promotoria Pública, Conselho Municipal do Idoso, Defensoria Pública e delegacias. Outro canal é o Disque 100, que recebe denúncias de violação dos Direitos Humanos e encaminha aos municípios.

Na oportunidade, o presidente do Comdipi anunciou a rede de proteção e defesa da pessoa idosa, que reúne entidade, associações e órgãos públicos para criação de ações preventivas à violência da pessoa idosa. Participam Semads, Ministério Público, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Associação dos Aposentados, Guarda Municipal e Senac.

O Protocolo da Rede de Atenção à Pessoa Idosa em Situação de Violência foi publicado na Imprensa Oficial do Município de Jundiaí no dia 25 de maio e pode ser acessado no site da prefeitura. Em breve, será lançada a cartilha do protocolo para ser distribuída na rede pública.

Viviane Rodrigues
Fotos: Paulo Grégio


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2016/06/15/prefeitura-lanca-protocolo-da-rede-de-atencao-a-pessoa-idosa/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original