Grandes lances de xadrez marcam o Festijun deste sábado (1)

Publicada em 01/06/2019 às 16:01

Nas mesas organizadas, muito silêncio e a concentração necessária para que o resultado seja perfeito

Natação, futsal, futebol masculino e feminino, karatê, vôlei e mini vôlei, xadrez, vôlei adaptado, handebol, atletismo, basquete e taekwondo são as modalidades que fazem parte do Festivais TIME Jundiaí – Festijun – uma iniciativa da Unidade de Gestão de Esporte e Lazer (UGEL) e seu titular Luiz Antonio Trientini, com a coordenação da diretora Márcia Pavan Guilherme (Departamento de Esporte Educacional e Participação).

Em sua 5a. edição, o certame reúne mais de cinco mil participantes, entre crianças, adolescentes e idosos. Este sábado foi a vez dos tabuleiros de xadrez receberem os participantes na Biblioteca Pública Municipal Prof. Nelson Foot – Complexo Argos.

“O evento acontece sempre próximo ao final de cada semestre, e levará praticantes de variadas modalidades aos Complexos Esportivos (CEs) e unidades de apoio de Jundiaí até o próximo dia 6 de julho, antes das férias escolares. A proposta tem por objetivo promover momentos de lazer, a importância da prática esportiva, a qualidade de vida para as muitas gerações. Os nossos complexos oferecem estrutura completa para que a população possa usufruir de seus benefícios, com educadores esportivos especializados em várias modalidades”, destacou o prof. Trientini.

A programação das demais atividades podem ser conferidas pelo www.jundiai.sp.gov.br/esportes/festijunfestivais-time-jundiai/.

Eles começaram a jogar ainda muito crianças: são enxadristas que se dedicam com toda seriedade

Jovens enxadristas muito empenhados

Ambos têm 12 anos, fazem parte do TIME Jundiaí e já participaram dos Jogos da Juventude. Ricardo Castilho Anunciação mora no Jardim Danúbio: para ele, é fundamental jogar xadrez para desenvolver o raciocínio. “Aprendi na escola enquanto treinava futebol com o prof. Cléber que me incentivou a conhecer o xadrez. Jogo há dois anos e meio, considero um esporte bem diversificado, variadas formas de jogar, criar os lances . É como na vida: se eu fizer um lance errado, comprometo todo o resultado.”

Já Raul Gabriel Oliveira é da Vila Nambi; ele conta que aprendeu a jogar xadrez com o pai que é professor. “Jogo desde os cinco anos de idade, é muito bom! Ajuda em nossa vida porque incentiva o raciocínio e a inteligência.”

Assessoria de Imprensa PMJ
Fotos: fotógrafos PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2019/06/01/grandes-lances-de-xadrez-marcam-o-festijun-deste-sabado-1/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original