Jogadores maiores de 40 mostram que são bons de bola no Festijun

Publicada em 27/06/2019 às 16:25

Ariovaldo Pereira de Almeida, de 84 anos, colocou uniforme e chuteiras na manhã desta quinta-feira (27) e entrou em campo para jogar futebol no Complexo Educacional, Cultural e Esportivo (CECE) Nilo Avelino Macedo, no Jardim Esplanada. As partidas reuniram jogadores de diversos centros esportivos de Jundiaí e fazem parte do 5º Festijun, evento organizado pela Unidade de Gestão de Esporte e Lazer (UGEL) que encerra o semestre de atividades e leva praticantes de todas as modalidades esportivas aos complexos esportivos até o próximo dia 6 de julho, antes da pausa das férias escolares.

Homens jogam futebol em campo

Partidas reuniram jogadores de diversos centros esportivos de Jundiaí e fazem parte do 5º Festijun, evento organizado pela Unidade de Gestão de Esporte e Lazer

Metalúrgico aposentado, Ariovaldo admite que não corre muito, mas não deixa de participar. “Eu garanto que entro em campo! Se não fosse pelo meu joelho eu correria muito mais”, conta. “Sou apaixonado por futebol e nunca parei de jogar. Fico bravo quando não passam a bola pra mim”.

O educador esportivo do CECE Nilo Macedo, Kleber da Silveira Franco, afirma que hoje há cerca de cem homens que participam dos times de futebol nas equipes acima de 40 anos, distribuídos nos diversos centros esportivos da cidade. “Esta é a segunda vez que fazemos parte do Festijun. As equipes reúnem maiores de 40, mas tem maiores de 70 e 80 anos também”, ressalta.

Paulo Barreto Junior é um deles: aos 78 anos, o paisagista aposentado joga no Centro Esportivo da Vila Maringá há cerca de dois anos, e desde então só viu vantagens. “Eu amo, é bom demais para a saúde, tanto física quanto mental”, diz.

O CECE Nilo Macedo conta com uma particularidade: é hoje o único centro esportivo que possui turma de condicionamento físico exclusiva para homens. “Geralmente os grupos de ginástica, mesmo quando são mistos, reúnem mais mulheres. Esse grupo uniu o condicionamento físico ao futebol e tem sido muito bem-sucedido”, conta Kleber. “Principalmente depois que se aposentam, os homens precisam cuidar da saúde e manter o corpo ativo e saudável, e essa é uma oportunidade de atrair essa parcela da população”. Hoje, cerca de 30 homens integram a turma, cujas atividades tiveram início há um ano e meio.

Os jogos do Festijun nesta quinta contaram com a participação dos times de futebol dos Centros Esportivos Benedito De Lima (Jardim Trevo), Vanderlei Antônio Sperandio (Santa Gertrudes) e Francisco Álvaro Siqueira Neto (Vila Maringá), além do próprio CECE Nilo Macedo. O gestor da UGEL, prof. Luiz Trientini, esteve presente, além do vereador Dika Xique-Xique, que também jogou como volante no time do Santa Gertrudes. Interessados em participar das turmas devem buscar os CECEs para fazer a inscrição.

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2019/06/27/jogadores-maiores-de-40-mostram-que-sao-bons-de-bola-no-festijun/

Galeria

Baixe as fotos desta notícia na resolução original