Prefeito apresenta projeto da UPA da região Sul

Publicada em 12/06/2015 às 16:00

Os moradores da região Sul da cidade conheceram na noite dessa quinta-feira (11) o projeto da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) que será construída na Vila Progresso. Os detalhes foram apresentados pelo prefeito Pedro Bigardi, durante mais uma atividade do programa Prefeitura em Ação.

“A unidade de pronto-atendimento funcionará 24 horas. É um serviço intermediário entre a unidade de saúde e o hospital”, explicou o prefeito para os moradores, que compareceram ao salão da Paróquia São Roque, na vila Progresso. “Ao todo, vamos construir quatro unidades, uma em cada região da cidade. Isso vai ajudar a aliviar o Hospital São Vicente, que poderá focar seu trabalho no atendimento de alta complexidade”, afirmou Bigardi.

CONFIRA AS FOTOS DO PREFEITURA EM AÇÃO NA REGIÃO SUL

LEIA TAMBÉM
Prefeito vistoria obras no Santa Gertrudes
Prefeito visita duas escolas do Santa Gertrudes

Moradores conheceram o projeto da UPA que será construída na região

Moradores conheceram o projeto da UPA que será construída na região

A UPA da Região Sul será construída na rua Zuferey, na altura do número 1.119, e vai atender cerca de 80 mil moradores de diversos bairros, entre eles Vila Progreso, Vila Arens, Vianelo, Jardim Bonfiglioli, Agapeama, Vila Rami, Vila Maringá, Terra Nova, Vila Militar, Castanho, Santa Gertrudes, Tijuco Preto, entre outros. A área construída é de 2,3 mil metros quadrados e o investimento previsto é de R$ 7,5 milhões.

Ao lado da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Margarete Geraldo Bigardi, o prefeito informou que a Prefeitura já assinou o contrato com a construtora, que deve começar a obra nas próximas semanas. O diácono da paróquia, Pedro Alves Moreira, também participou do evento.

Nova rede
O prefeito informou ainda que a primeira UPA a ser entregue na cidade será no Vetor Oeste, no Jardim Novo Horizonte, que deve ser entregue até o fim deste ano. “É uma das maiores do Brasil, com mais de 2.500 metros quadrados de área construída. Já fizemos o projeto pensando no futuro. A obra está em fase de acabamento”, disse. As outras UPAs serão nas regiões Leste (Ponte São João) e Norte (Vila Hortolândia).

O secretário de Saúde, Luís Carlos Casarin, explicou que a proposta da atual gestão municipal é implementar um novo modelo de rede de saúde na cidade, com foco na atenção básica e com a inclusão das UPAs. “Hoje, quando a UBS está fechada, os pacientes só têm o hospital para recorrer. Precisamos de uma porta intermediária 24 horas, que será o papel das UPAs”, disse.

A estrutura prevê: 4 consultórios médicos, sala de enfermagem, farmácia, sala de classificação de risco, sala de assistência social, sala de emergência com 2 leitos, sala de inalação, sala de aplicação de medicamentos (4 leitos), sala de curativo, sala de eletrocardiograma, salas de observação (masculina, feminina e infantil) com 8 leitos no total, raio X, sala de coleta de exames laboratoriais, além de estacionamento com 48 vagas. Toda infraestrutura contará com acessibilidade para usuários e funcionários.

Participaram ainda da ação o vice-prefeito Durval Orlato, os secretários: chefe de Gabinete, Alan Piccolo; de Obras, Júnior Aprillanti; de Relações Institucionais, Liraucio Tarini Junior; de Planejamento e Meio Ambiente, Daniela da Câmara Sutti; de Transportes, Wilson Folgozi; de Agricultura, Abastecimento e Turismo, Marcos Brunholi; de Cultura, Tércio Marinho; o diretor-presidente da DAE, Jamil Yatim, o assessor especial para assuntos das Coordenadorias, Vanderlei Victorino, o coordenador do Procon, Adilton Garcia, e diretor da Escola de Governo e Gestão, Marcelo Lo Mônaco. Além dos vereadores Gerson Sartori, Antônio Carlos Pereira Neto (Doca) e Marilena Negro.

O prefeito falou sobre o novo modelo da rede de saúde na cidade

O prefeito falou sobre o novo modelo da rede de saúde na cidade

Niza Souza
Fotos: Dorival Pinheiro Filho


Link original: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/2015/06/12/prefeito-apresenta-projeto-da-upa-da-regiao-sul/